Chegou para ficar? Taça da Copa 2014 chega ao Rio e é exposta no Maracanã

Troféu, que vai passar por todas capitais brasileiras, ficará no país pelo menos até o fim do Mundial. Estadia pode aumentar por quatro anos,

Seja bem-vinda! Após passar por 89 países e rodar mais de 150 mil quilômetros desde setembro passado, a Taça da Copa do Mundo já está no Brasil. O objeto desembarcou na noite desta segunda no Rio de Janeiro e começou a ser exposto ao público na manhã desta terça, no Maracanã, onde ficará até sexta, seguindo para Porto Alegre. Em seguida, o troféu vai circular por todas capitais brasileiras até chegar a São Paulo no dia 29 de maio, antes da abertura do Mundial, com o jogo entre Brasil e Croácia, na Arena Corinthians.


Chegou para ficar? Taça da Copa chega ao Rio e é exposta no Maracanã

Embaixador da cerimônia de abertura, o capitão do tri Carlos Alberto Torres, foi o último homem a levantar a Jules Rimet, em 1970, no México. De acordo com a regra estabelecida pela Fifa, apenas jogadores que foram campeões e chefes de Estado podem tocar o troféu. Responsáveis pela segurança apenas transportam a taça utilizando luvas, sem fazer contato direto.

- Não fui o primeiro a erguer a taça (Bellini levantou em 1958), mas o primeiro a beijá-la. Agora vou deixar para o Thiago Silva fazer o mesmo - disse o ex-jogador e capitão da seleção brasileira campeã da Copa do Mundo de 1970 Carlos Alberto Torres, que teve a honra de segurar mais uma vez o objeto.

A Taça ficará no Brasil pelo menos até o dia 13 de julho, data da decisão da Copa do Mundo de 2014, no próprio Maracanã. A estadia em solo brasileiro, no entanto, pode ir além. Para isso, o Brasil precisa conquistar o hexacampeonato, o que asseguraria ao país o direito de manter o troféu pelos próximos quatro anos.

- É um dia muito especial. A taça mais importante do mundo chega ao país mais importante, quando nos referimos ao futebol. A taça fica aqui até o dia 13 de julho (data da final da Copa). Depois disso, vocês precisam falar com o Felipão - brincou o Diretor de Comunicação da Fifa, Walter de Gregório.

Ao contrário da Jules Rimet, a Taça da Copa não ficará em definitivo com nenhuma seleção, mesmo que o país conquiste três campeonatos consecutivos ou cinco alternados. Caso a antiga regra fosse mantida, Brasil, Argentina, Itália e Alemanha disputariam o direito em 2014. A Taça da Copa, que tem espaço para ser preenchida até 2038, fica com o próximo campeão até o Mundial seguinte.

O evento no Maracanã vai durar até sexta-feira. A Taça ficará gratuitamente exposta ao público todos os dias entre as 9h e 21h. A entrada é no portão 3 do Maracanã. Na manhã desta terça, estudantes de escolas municipais e estaduais foram os primeiros a ver a taca.

Fonte: GloboEsporte