Chile despacha Uruguai e Cavani é expulso após 'mão boba'

A partida foi marcada por lances polêmicos que geraram expulsões.

A partida entre Uruguai e Chile, em Santiago, pelas quartas de final da Copa América, foi marcada por lances polêmicos. Os donos da casa, somente no final do segundo tempo, conseguiram marcar vitória, por 1 a 0. A maior estrela do Uruguai, Edinson Cavani, acabou expulso e deixou os uruguaios ainda mais irritados. 

Segundo informações, Cavani estaria nervoso devido a situação da qual se encontra seu pai, que foi detido após se envolver em um acidente, onde o outro condutor, Francisco Nicolás Rodríguez, não resistiu e morreu. Depois de fazer o teste, ficou comprovado o uso de bebida alcoólica.

Edinson Cavani, em um lance polêmico com o zagueiro Jara, acabou expulso. Ele foi expulso pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci após acertar um leve tapa no rosto do defensor Gonzalo Jara. Em uma partida, ocorrida em 2013, Jara protagonizou a mesma coisa em Suárez. 

Ainda no final da partida, Fucile deu uma entrada dura em Sánchez, em seguida, recebeu o segundo cartão amarelo de Sandro Meira Ricci e acabou expulso.

Image title


Fonte: Com informações do Globo Esporte