Chileno faz 2, Barcelona vence Bayer e abre vantagem

O Barcelona saiu na frente na briga por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O Barcelona saiu na frente na briga por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Nesta terça-feira, mesmo fora de casa, a equipe espanhola superou o Bayer Leverkusen por 3 a 1 e, agora, poderá até mesmo perder por um gol de diferença na partida de volta na Catalunha para seguir adiante no torneio continental. O destaque do jogo na Bay Arena foi o atacante chileno Alexis Sánchez, autor de dois gols da equipe vencedora.

Depois de um primeiro tempo de poucas emoções na Alemanha, o Barcelona saiu na frente aos 41min com Sánchez, após receber bom passe de Lionel Messi. O Bayer esboçou reação no segundo tempo, quando Michal Kadlec empatou aos 6min, mas três minutos depois o chileno conseguiu marcar o segundo dos visitantes, após bom lançamento de Cesc Fabregas. Messi, aos 43min, fechou a contagem.

A vitória desta terça em Leverkusen permitiu deu uma boa vantagem para o Barcelona, que se classificará às quartas de final mesmo com qualquer derrota por um gol de diferença na partida de volta no Camp Nou, em 7 de março. Como gols marcados fora de casa valem como critério de desempate, aliás, os espanhóis também passarão de fase se perderem por 2 a 0.

O Barcelona, porém, não teve tanta tranquilidade para vencer o Bayer na casa dos alemães. Apesar de dominar todo o primeiro tempo - por volta dos 20 minutos, por exemplo, a equipe catalã chegou a ter 79% da posse de bola -, a equipe comandada por Josep Guardiola só abriu a contagem aos 41min.

Mostrando ótima visão de jogo, Messi lançou por cima da defesa adversária e encontrou Sánchez, que invadiu a área pela direita e bateu cruzado, sob as pernas do goleiro Bernd Leno.

O Bayer voltou melhor para o segundo tempo e passou a ser mais ofensivo, conseguindo assim empatar aos 6min, de cabeça. Mesmo cercado por Eric Abidal na linha de fundo, Corluka conseguiu encontrar uma brecha e cruzar para a área; Kadlec subiu mais que Sánchez e cabeceou firme para decretar o 1 a 1.

A partida, então, ficou aberta, e as duas equipes tiveram oportunidades decisivas. O Barcelona não desperdiçou aos 9min, quando Fabregas lançou Sánchez em profundidade. O camisa 9 disparou com velocidade, driblou o goleiro adversário e empurrou para o fundo do gol.

O Bayer teve chance de igualar mais uma vez aos 18min, mas o chute do brasileiro Renato Augusto se chocou contra o pé da trave de Valdés. O poste também impediu que o Barcelona anotasse o terceiro aos 26min, quando Messi fez grande jogada individual, se livrou do marcação e tocou por cima de Leno.

Antes do apito final, Sánchez quase marcou pela terceira vez na Bay Arena aos 39min. O chileno se posicionou bem na grande área para cobrança de escanteio e desviou de cabeça para a defesa de Leno. Quem ampliou para o Barcelona foi Messi, aos 44min, se esticando para desviar cruzamento de Daniel Alves e dando números finais ao duelo.



Fonte: Terra