Chris Weidman bate Belfort e é eleito o lutador do ano no prêmio Oscar MMA

Chris Weidman bate Belfort e é eleito o lutador do ano no prêmio Oscar MMA

Evento também homenageia o lendário Royce Gracie por toda a sua contribuição ao esporte. Vitor leva o prêmio de melhor nocaute de 2013

Chris Weidman venceu a primeira batalha contra Vitor Belfort na madrugada dessa sexta-feira e foi eleito o lutador do ano de 2013 pelo ?Oscar do MMA?. A sexta edição da premiação da revista inglesa "Fighters Only" aconteceu no The Venetian Theater, em Las Vegas, EUA, reunindo lutadores e personalidades do esporte, além de celebridades.

- Se o Belfort levar o troféu de ?Lutador do Ano? no meu lugar eu vou correr atrás dele e tomar sem ele ver. Esse troféu é meu! (risos) - brincou o campeão dos pesos-médios do UFC em entrevista ao Combate.com na sua chegada ao evento.

Mais tarde, ao subir ao palco para receber o prêmio, Weidman fez questão de homenagear Anderson:

- Ano passado eu estava aqui e fui nomeado como revelação do ano. Esse ano eu venci o prêmio de ?Lutador do Ano". Eu venci Anderson Silva, que é o melhor de todos os tempos, e não podemos nos esquecer dele, porque sem ele eu não estaria aqui - disse o campeão ao receber o troféu, pedindo uma salva de palmas para Spider:

- Vamos rezar para que a perna dele sare logo. - completou.

Para garantir o prêmio, além de Belfort, Weidman derrotou outros três compatriotas na categoria de Melhor Lutador: Urijah Faber, Demetrious Johnson e Cain Velásquez. Ele também foi indicado ao troféu de ?Nocaute do Ano? - onde acabou vencido por Vitor Belfort, que levou o prêmio pelo chute rodado com que nocauteou Luke Rockhold, em maio.

- Obrigado ao meu time, Blackzilians, por me ajudar a realizar grandes feitos. Nós, juntos, conquistamos esse prêmio de nocaute do ano. Muito obrigado aos treinadores, parceiros de treino e todos aqueles nos ajudam. Muito obrigado a todos os fãs que votaram. É muito bom vencer esse prêmio - declarou Belfort após o prêmio, através do Instagram.


Chris Weidman bate Belfort e é eleito o lutador do ano no

Na categoria ?Lutadora do Ano?, Ronda Rousey mais uma vez levou a melhor sobre as concorrentes. Já o duelo entre Jon Jones e Alexander Gustafsson levou o prêmio de ?Luta do Ano?.

O ?MMA Awards" também prestou uma homenagem especial ao lendário Royce Gracie pela sua contribuição ao esporte:

- Ele foi o primeiro homem a inspirar uma geração que nunca morre - disse Rob Hewitt, CEO da Fighters Only, antes de chamar um vídeo com diversos depoimentos de lutadores e personalidades agradecendo a Royce pela sua contribuição ao esporte:

- Estou ficando velho. Sou fruto do trabalho do meu pai, é simples. - declarou o brasileiro, sendo aplaudido de pé.


Chris Weidman bate Belfort e é eleito o lutador do ano no

Urijah Faber, que não levou o cinturão peso-galo de Renan Barão no UFC 169, teve três motivos para comemorar. O ?California Kid" saiu da premiação com dois troféus nas mãos: o de ?Academia do Ano? e o de ?Finalização do Ano? (pela luta contra Ivan Menjivar no UFC 157). Além disso, o treinador principal de seu time, Duane Ludwig, também venceu o recém-criado troféu de ?Técnico do Ano?.

Outro a sair com duas estatuetas nas mãos foi o peso-pesado Travis Browne, próximo adversário de Fabrício Werdum, no card que acontece no dia 19 de abril, em Orlando.

- Estou ficando sem palavras toda hora que eu subo aqui - disse ele, que, além de apresentar uma das categorias, também levou os prêmios de ?Revelação do Ano? e ?Reviravolta do Ano?.


Chris Weidman bate Belfort e é eleito o lutador do ano no

Durante a premiação, que foi apresentada por Brian Stann e Nicole Dabeau, Wanderlei Silva ganhou um vídeo especial entitulado ?What does Wand say?? (O que Wand diz?), que arrancou gargalhadas da plateia ao mostrar momentos do brasileiro falando em inglês indecifrável. O ?Hall da Fama? do UFC Randy Couture e o peso-médio Mark Muñoz também tiveram seu momento de fama no telão, com o filipino soltando a voz em uma versão de ?Wrecking Ball?, de Miley Cyrus. Mas foi Bruce Buffer quem roubou a cena ao protagonizar uma versão personalizada do vídeo ?Gangnan Style?, do Psy.

O período de elegibilidade para concorrer ao ?MMA Awards" foi de 15 meses, de outubro de 2012 a dezembro de 2013, e os fãs puderam votar online em seus preferidos em cada uma das 21 categorias no período de 31 de dezembro a 31 de janeiro.

Confira a lista dos principais vencedores:

Lutador do ano

1. Vitor Belfort

2. Urijah Faber

3. Demetrious Johnson

4. Chris Weidman

5. Cain Velasquez

Lutadora do ano

1. Joanne Calderwood

2. Alexis Davis

3. Jessica Eye

4. Holly Holm

5. Ronda Rousey

Revelação do ano

1. Travis Browne

2. TJ Grant

3. Conor McGregor

4. Nick Newell

5. Khabib Nurmagomedov

Melhor lutador internacional do ano

1. Shinya Aoki

2. Alexander Gustafsson

3. Conor McGregor

4. Khabib Nurmagomedov

5. Alexander Shlemenko

Luta do ano

1. Wanderlei Silva x Brian Stann (UFC: Silva x Stann)

2. Michael Chandler x Eddie Alvarez II (Bellator 106)

3. Jon Jones x Alexander Gustafsson (UFC 165)

4. Gilbert Melendez x Diego Sanchez (UFC 166)

5. Mark Hunt x Antônio Pezão (UFC Fight Night 33)

Nocaute do ano

1. Vitor Belfort (contra Luke Rockhold, no UFC: Belfort x Rockhold)

2. Junior Cigano (contra Mark Hunt, no UFC 160)

3. Emanuel Newton (contra King Mo, no Bellator 90)

4. Julio Cesar Morceguinho (contra Dener Dos Santos, no WOCS 28)

5. Chris Weidman (contra Anderson Silva, no UFC 162)

Finalização do ano

1. Olivier Fontaine (contra Sofian Benchohra, no Lyon FC)

2. Josh Burkman (contra Jon Fitch, no WSOF 3)

3. Urijah Faber (contra Ivan Menjivar, no UFC 157)

4. Rose Namajunas (contra Kathina Catron, no Invicta 5)

5. Kenny Robertson (contra Brock Jardine, no UFC 157)

Reviravolta do ano

1. Travis Browne (contra Alistair Overeem, no UFC Fight Night 26)

2. Blagoi Ivanov (na carreira)

3. Robbie Lawler (na carreira)

4. Michelle Waterson (contra Jessica Penne, no Invicta 5)

5. Tom Watson (contra Stanislav Nedkov, no UFC: Barão x McDonald)

Técnico do ano

1. Henri Hooft

2. Duane Ludwig

3. Ray Longo

4. Dedé Pederneiras

5. Duke Roufus

Academia do ano

1. AKA

2. Jackson-Winkeljohn MMA

3. Nova União

4. Roufusport

5. Team Alpha Male

Árbitro do ano

1. Herb Dean

2. Marc Goddard

3. Yves Lavigne

4. John McCarthy

5. Mario Yamasaki

Ring girl do ano

1. Jade Bryce

2. Arianny Celeste

3. Kat Kelley

4. Brittney Palmer

5. Mercedes Terrell

Homem de negócios do ano

1. Victor Cui

2. Lorenzo Fertitta

3. Bjorn Rebney

4. Ray Sefo

5. Dana White

Personalidade do ano

1. Bruce Buffer

2. Kenny Florian

3. Joe Rogan

4. Bas Rutten

5. Chael Sonnen

Melhor organização de MMA do ano

1. Bellator MMA

2. Cage Warriors

3. One FC

4. UFC

5. WSOF

Fonte: Canal Combate