Cigano afirma que levaria a melhor sobre astro Mike Tyson

Campeão dos pesos-pesados do UFC acredita que lenda do boxe não teria sucesso no MMA


Cigano afirma que levaria a melhor sobre Mike Tyson:
Conhecido por ter um boxe eficiente e acima da média, o campeão dos pesos-pesados do UFC, Júnior Cigano, mostrou que sua confiança está em alta. Depois de um dos maiores nomes da história do boxe mundial, Mike Tyson, afirmar que seria interessante praticar MMA, o lutador brasileiro fez pouco caso e disse que venceria ex-pugilista dentro de um octógono.

- Mike Tyson seria nocauteado, com toda a certeza. Pode ser no boxe, no MMA. Se eu não acreditar em mim, se eu não confiar em mim, ninguém vai. Então se rolasse uma luta entre Cigano e Tyson, ele seria nocauteado (risos) - disse Cigano, em entrevista ao jornal baianao ""A Tarde"".

Em alta no esporte, Cigano também fez pouco caso da declaração de Tyson, afirmando que, no Ultimate, ele não teria o mesmo sucesso que teve nos ringues de boxe.

- Sou um grande fã do Mike Tyson. Gostaria de vê-lo lutando, não sei se ele se sairia muito bem no MMA. O negócio dele é no boxe, queria vê-lo lutando boxe - completou.

Em novembro do ano passado, Junior Cigano conquistou o cinturão dos pesos-pesados do UFC ao nocautear o americano Cain Velásquez. Sua luta foi a primeira a passar na TV aberta brasileira e americana. Sobre isso, ele garante que foi possível sentir o resultado disso nas ruas.

- Senti esse impacto logo depois da minha luta, a primeira de MMA a ser transmitida em TV aberta pela grande televisão. Lá nos Estados Unidos e aqui no Brasil pela Globo. As entrevistas aumentaram, o assédio das pessoas também nas ruas. Quando as grandes televisões, organizações e empresas se rendem ao MMA, as coisas melhoram - disse Júnior dos Santos.

Apesar do assédio e da visibilidade terem aumentado, Cigano revelou que ainda não está rico e revelou que ainda precisará provar muito dentro do esporte para, de fato, ganhar muito dinheiro com o esporte.

- Rico de saúde, não é? (risos). Vou te falar que o MMA é bem diferente dos grandes esportes. Nosso esporte é novo, está crescendo. Então, hoje em dia, quem ganha dinheiro com o MMA é o campeão que já teve boas defesas do cinturão, aí começa ganhar um dinheiro melhor, ou então uma lenda do esporte. Eu não sou nenhum dos dois. Eu fui campeão agora. Contra o Cain Velasquez, eu era o desafiante. Agora, eu não posso reclamar, graças a Deus estou tendo uma vida muito melhor da que eu tinha, vim de uma família humilde - concluiu.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com