Santos e São Paulo fazem duelo fraco e ficam no 0

Santos e São Paulo fazem duelo fraco e ficam no 0

Sem estrelas, Santos e São Paulo fazem clássico fraco e ficam no zero

Em meio à polêmica sobre uma possível transferência do meia Paulo Henrique Ganso para o São Paulo, o Santos recebeu o rival neste domingo, na Vila Belmiro, para clássico que não contaria com as principais estrelas das duas equipes. Com a Seleção Brasileira que disputa amistoso contra a China nesta segunda, em Recife, Neymar e Lucas não participaram do duelo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, que contou com morno empate por 0 a 0.

De fato, o duelo não foi dos melhores em termos de nível técnico. Os dois times sentiram a ausência de seus astros e protagonizaram um primeiro tempo ruim, com poucas chances para ambos os lados. As melhores vieram pelo clube tricolor, que parecia atuar em casa na Vila Belmiro, já que sua torcida fazia mais barulho do que os fãs locais.

Após bom lance de Gerson Magrão, que mandou entre as pernas de Casemiro e finalizou bem próximo ao gol de Rogério Ceni, o São Paulo teve duas chances de gol na etapa inicial e por pouco não saiu com vitória parcial. Ambas, aliás, foram com o atacante Luis Fabiano, que costuma marcar gols no Santos.

Primeiro, Jadson pegou sobra na entrada da área e arriscou finalização com perigo, mas a bola explodiu na zaga e sobrou para Luis Fabiano, que cabeceou para fora. Depois, o camisa 9 recebeu ótimo passe de Jadson, tirou do goleiro Rafael, ficou com pouco ângulo e arrematou na rede pelo lado de fora.

A segunda etapa melhorou um pouco, com ambos os times buscando mais o ataque e buscando administrar a posse de bola até a área rival. O São Paulo tevea primeira chance, de novo com a dupla Jadson e Luis Fabiano. O meia cobrou escanteio na segunda trave para o camisa 9 cabecear para o chão e ver Rafael espalmar pela linha de fundo.

O Santos respondeu em ótima jogada do lateral direito Bruno Peres, que fazia grande partida. O jovem jogador entrou na área em velocidade ao receber excelente passe pela direita e tentou o cruzamento rasteiro, mas Rafael Tolói desviou de André, que chegaria em condições de marcar, e por pouco não fez um gol contra.

A equipe praiana ainda teve mais uma ótima oportunidade com André, mas o camisa 9 não vivia tarde inspirada no litoral e arrematou para fora chute recebido na entrada da área de Rogério Ceni. Do outro lado, Luis Fabiano parecia bem marcado e não conseguia ajudar o time tricolor a abrir o placar. Assim, o 0 a 0 permaneceu até o apito final.

O Santos, agora com 27 pontos em situação delicada no Campeonato Brasileiro, volta a campo na próxima quarta-feira, quando terá pela frente o Flamengo, que completou cinco jogos sem vencer na competição neste sábado, ao ser superado pelo Coritiba. O duelo será na mesma Vila Belmiro, mas no período noturno - às 22h (de Brasília).

O São Paulo, por sua vez, chegou aos 36 pontos, ainda na briga por uma vaga na zona de classificação à próxima Copa Libertadores da América. A equipe tricolor terá pela frente justamente um rival direto pela ponta - o Atlético-MG, que briga pela liderança. O confronto será no Estádio Independência, em Belo Horizonte, no mesmo horário que o jogo do Santos.

Ficha técnica

SANTOS 0 x 0 SÃO PAULO

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, David Braz, Durval e Léo; Adriano (João Pedro), Ewerton Páscoa, Gerson Magrão (Bernardo) e Felipe Anderson; Pato Rodriguez (Victor Andrade) e André

Treinador: Muricy Ramalho

SÃO PAULO: Rogério; Rafael Tolói, Paulo Miranda e Rodolfo (Ademilson); Douglas, Cortêz, Denilson, Casemiro e Jadson; Osvaldo e Luis Fabiano

Treinador: Ney Franco

Cartões amarelos

SANTOS: Felipe Anderson

SÃO PAULO: Denilson

Cartões vermelhos:

SÃO PAULO: Denilson

Árbitro

Marcelo Aparecido de Souza

Público e renda

6.379 público e renda R$ 153.500,00

Local

Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)

Fonte: Terra