Clima esquenta na pesagem e Mutante e Serginho quase brigam

Clima esquenta na pesagem e Mutante e Serginho quase brigam

Rodrigo Damm e Gasparzinho também quase trocaram socos em frente à balança

A pesagem para o UFC 147 nesta sexta-feira no Mineirinho teve duas encaradas que quase viraram briga em frente à balança. O clima esquentou quando Cezar Mutante e Serginho Moraes precisaram ser separados. Rodrigo Damm e Gasparzinho também quase trocaram socos em frente à balança.

Serginho entrou entre vaias e aplausos, e a torcida fez festa mesmo para o mineiro Mutante. Os dois bateram o peso e, na hora da encarada, Serginho foi para cima do rival, que o afastou e iniciou um tumulto.

Provocado com gritos de ?substituto?, Serginho quase colocou a mão no pescoço de Mutante, que tentou pegar o seu braço. Os dois precisaram ser separados. Mutante balançou a cabeça em reprovação, mas a torcida vibrou com a cena.

Antes, Rodrigo Damm e Gasparzinho também quase brigaram durante a encarada. Damm entrou muito vaiado, enquanto o rival era ovacionado. Na hora que os dois iam se cumprimentar, acabaram se empurrando, e Damm chegou a encostar o punho no nariz do rival. Integrantes da organização precisaram intervir.

Na pesagem da luta principal, Wanderlei Silva encarou Rich Franklin bem ao seu estilo ?Cachorro Louco?. Mas, no final, os dois trocaram cordialidades. O mesmo aconteceu com Fabrício Werdum e Mike Russow, que foi muito vaiado e recebido aos gritos de ?Vai morrer?.

E a hostilidade da torcida mineira com Godofredo Pepey continuou. O peso leve foi tão vaiado quanto os estrangeiros, enquanto Rony Jason era muito aplaudido. Em resposta à máscara de Jason do rival, Pepey entrou com um capacete de gladiador. Na encarada, Jason provocou com um sorriso.

O único lutador que não bateu o peso foi John Macapá, que subiu na balança com 1,8 kg a mais que os 65 do peso pena. O brasileiro, que vai enfrentar Hugo Wolverine no sábado, terá duas horas para perder o excesso antes de se pesar novamente.





Fonte: UOL