Clube desembolsa R$ 20 milhões e contrata jogador

Tricolor desembolsa R$ 20 milhões e acerta a contratação de Luis Fabiano

O bom filho à casa torna. Depois de cinco temporadas na Europa, Luis Fabiano está de volta ao São Paulo. O clube do Morumbi desembolsou ? 7,6 milhões (R$ 19,9 milhões) para adquirir 100% dos direitos federativos do atleta, que será oficialmente apresentado no próximo dia 30. Esse valor será pago em quatro parcelas anuais. Antes disso, no entanto, ele virá para o Reffis do CT da Barra Funda para se tratar da séria lesão muscular que sofreu na última semana. Para que o negócio pudesse ser concretizado, Luis Fabiano abriu mão de ? 4,5 milhões: ? 2,5 milhões que ele teria direito a receber até o final do seu contrato entre salários e premiações e ? 2 milhões como porcentagem da negociação.

- Dinheiro nāo é tudo na vida. Nada paga a felicidade que sinto por voltar a vestir a camisa do meu time de coração. Devo tudo que tenho ao São Paulo, tenham certeza que suarei muito essa camisa e irei fazer muitos gols. Faz tempo que fico me imaginando saindo do túnel do Morumbi para entrar em campo olhando nossa torcida maravilhosa - afirmou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube do Morumbi.



O negócio foi fechado na tarde desta sexta-feira, em reunião realizada na Espanha que contou com a presença do diretor de marketing, Adalberto Baptista, o presidente do Sevilla, Jose Maria del Nido, o diretor de futebol do clube espanhol, Ramón Rodríguez Verdejo, e o próprio Luis Fabiano. Ainda na Espanha, o jogador já assinou o vínculo de quatro anos com o clube do Morumbi.

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, que ficou em São Paulo por causa da reunião do Clube dos Treze, também não escondeu a alegria com a contratação do Fabuloso. O clube abriu negociação com o Sevilla em dezembro e sofreu com a concorrência de equipes da Europa que queriam o atacante. O desejo de Luis Fabiano em voltar ao Brasil e ao Tricolor ajudou bastante.

- É a concretização de um sonho e um presente para toda a coletividade são-paulina. O Luis Fabiano tem a alma tricolor e acrescentará ao nosso time a qualidade, alegria, irreverência e espírito de luta que sempre o caracterizaram. Ele é um jogador que está no auge de sua forma física e desportiva, tendo inclusive atuando como titular na última Copa do Mundo, e teve propostas efetivas de clubes da Itália, Inglaterra, Portugal e da própria Espanha, lembrou o dirigente.

Luis Fabiano foi contratado pelo São Paulo primeiramente por empréstimo, quando atuava no Rennes (FRA), em 2001. Sua estreia pela equipe ocorreu no dia 18 de fevereiro daquele ano, quando, o Tricolor, jogando no estádio do Morumbi, perdeu para o São Caetano por 2 a 0. Dez dias depois, ele sentiu o gostinho de marcar o primeiro gol por sua nova equipe. Foi em um duelo contra o Botafogo, no estádio do Maracanã, na primeira decisão do torneio Rio-São Paulo. Ele marcou dois dos quatro gols da goleada são-paulina por 4 a 1. No jogo seguinte, no Morumbi, o Tricolor fez 2 a 1 e foi campeão do torneio. Logo, Fabuloso caiu nas graças da torcida e, um ano depois, foi contratado em definitivo.

Passaram-se então mais duas temporadas e Luis Fabiano seguiu como principal atacante da equipe. Nessa passagem, no entanto, ele não conquistou nenhum título pelo Tricolor. Em 2002, o time voava no Campeonato Brasileiro, mas acabou eliminado pelo Santos. No ano seguinte, Fabuloso viu o Corinthians ser campeão paulista, com direito a uma vitória por 3 a 2 na decisão. Em 2004, logo após a equipe ser eliminada da Taça Libertadores da América pelo Once Caldas (COL), Luis Fabuloso foi apontado pela torcida como um dos culpados e, sem clima, foi negociado com o Porto por US$ 5 milhões (R$ 10 milhões).

Seus números na equipe do Morumbi impressionam. Em 160 partidas disputadas, ele marcou 118 gols, o que dá uma média de 0,73 gol por jogo, a segunda melhor da história do clube, atrás apenas de Friedenreich, que tem a média de 0,83 (106 gols em 127 partidas). Na tabela geral de artilheiros, ele é o 12º colocado. Agora, com quatro anos de contrato pela frente, Fabuloso tem tudo para subir bastante nessa tabela e se tornar um dos maios goleadores da história do Tricolor.

Fonte: g1, www.g1.com.br