Clubes miram estrelas, mas acertam com coadjuvantes para 2011

Clubes miram estrelas, mas acertam com coadjuvantes para 2011

Nomes como os de Ronaldinho Gaúcho e Adriano povoam imaginário dos torcedores.

Qual torcedor não gostaria de ver grandes craques vestindo a camisa de seu time? A resposta é óbvia, mas por mais que os amantes do futebol se empolguem ao ler notícias sobre possíveis contratações, muitas vezes as promessas feitas por dirigentes passam longe daquilo que o clube pode mesmo realizar.

Assim que termina o Campeonato Brasileiro tem início a temporada de especulações. Na quarta-feira (8), por exemplo, o vice-presidente do Palmeiras, Salvador Hugo Palaia, revelou aos torcedores que o clube tem interesse na contratação de dois dos maiores ídolos do futebol brasileiro nos últimos tempos: Adriano, da Roma, e Ronaldinho Gaúcho, do Milan. Por mais que o dirigente diga que o sonho pode se tornar real, outros nomes bem mais modestos já acertaram com o Verdão bem antes das duas estrelas.

Classificado para as Copas Sul-Americana e do Brasil em 2011, o Palmeiras tem certo, por enquanto, o retorno de Deyvid Saconni, que estava emprestado ao Grêmio Prudente, para a vaga que seria de Ronaldinho Gaúcho. Já para fazer dupla com Kléber no ataque, nada de Adriano. Daniel Lovinho, revelado na base do clube, volta de empréstimo da Ponte Preta e é nome certo para o plantel de Luiz Felipe Scolari na próxima temporada.

No São Paulo, o nome do momento é o do meia Thiago Neves, atualmente no Al Hilal, dos Emirados Árabes. Só que a torcida do time deve ver em campo no início de 2011 o meia Mazola, que estava no Guarani e deve ser utilizado pelo técnico Paulo César Carpegiani.

Sem o lateral-esquerdo Juan, que negocia com o São Paulo, o Flamengo vai atrás de nomes de peso para a posição. Só que o substituto já está certo. Depois de boa temporada no Vitória, Egídio deve ficar com a vaga nos primeiros jogos da Taça Guanabara. Para o meio-campo, o clube briga com o Tricolor paulista por Thiago Neves, mas a volta de Erick Flores, cria da base, que estava no Ceará, deve suprir a carência no setor.

No Corinthians, Ronaldo cuida da contratação de Adriano para reforçar a equipe no próximo ano, mas o clube está próximo de acertar com Marcinho, ex-Flamengo, que está no futebol árabe. Também para a posição, o técnico Tite deve contar com a volta de Edno, que estava no Botafogo.

Já a diretoria vascaína sonha com os atacantes Nilmar, do Villarreal, da Espanha, e Grafite, do Wolfsburg, da Alemanha para o próximo ano. Só que o primeiro reforço para a equipe deve vir de Santos. O clube deve anunciar nesta sexta-feira (10) a contratação do atacante Marcel, que foi dispensado pelo Peixe.

Fonte: R7, www.r7.com