Time B do Santos perde para o Londrina na 3a fase da Copa BR

Time B do Santos perde para o Londrina na 3a fase da Copa BR

A equipe santista chegou a empatar o jogo aos 41 minutos do segundo tempo

O Santos usou os pratas da casa para tentar surpreender o Londrina nesta quinta-feira, no estádio do Café, em duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. Oswaldo de Oliveira iniciou o jogo com nove jogadores revelados pelo clube. No total, foram 12 Meninos da Vila usados ao longo da partida. No entanto, a nova geração sucumbiu ao Londrina, que venceu o jogo por 2 a 1.

A equipe santista chegou a empatar o jogo aos 41 minutos do segundo tempo, quando Geuvânio balançou as redes. Porém, Joel, que já havia aberto o placar, marcou o segundo gol do time paranaense aos 45 minutos e fechou o placar.

O time reserva do Santos demonstrou desentrosamento e quase não causou perigo ao gol do time paranaense. Já o Londrina teve grandes oportunidades de ampliar o marcador, mas pecou na finalização. O atacante Paulinho, que defendeu o Grêmio no Campeonato Brasileiro do ano passado, foi o principal destaque da partida. Com dribles, assistências e finalizações, ele cansou a jovem defesa do Santos.

Após perder o jogo de ida, o Santos volta a enfrentar o Londrina no próximo dia 14, na Vila Belmiro. Já pelo Campeonato Brasileiro, os titulares de Oswaldo de Oliveira encaram o Internacional neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegra, pela 13ª rodada da competição.

Fases do jogo: O Santos sofreu pressão do Londrina no início da partida e, inclusive, foi salvo por duas boas defesas do goleiro Vladimir, que evitou o gol de Paulinho aos seis minutos de partida.

Em uma das jogadas do Londrina no primeiro tempo, Paulinho invadiu a área e cruzou com perfeição para Joel, que cabeceou com estilo, no canto de Vladimir, para abrir o placar.

No final do primeiro, após os 40 minutos, Souza desperdiçou uma boa oportunidade de empatar o jogo. Após receber passe de Renato dentro da área, ele driblou o zagueiro, mas chutou muito mal e a bola passou longe do gol.

Em seguida, o Londrina teve duas grandes chances de ampliar o marcador. Paulinho driblou o zagueiro Paulo Ricardo, que se recuperou na jogada e travou o chute do atacante do Londrina. Celsinho e Joel também erram as finalizações e a oportunidade de fazer o segundo gol antes do intervalo.

No segundo tempo, o Londrina apostou nos contra-ataques, e o Santos não teve força para pressionar os donos da casa, mas conseguiu em uma jogada individual de Geuvânio empatar o duelo aos 41 minutos do segundo tempo. No entanto, a equipe santista sofreu mais um gol de Joel, aos 45, e saiu de campo derrotada.

Toque dos técnicos: O time paulista não entrou com nenhum titular em campo, mas Oswaldo de Oliveira utilizou o mesmo esquema tático ? o tradicional 4-2-3-1. Souza teve dificuldades para fazer a função de "maestro" de Lucas Lima e, por isso, os jovens atacantes: Jorge Eduardo, que atuou pela direita do ataque, Diego Cardoso, pela esquerda, e Stéfano Yuri, centralizado, tiveram dificuldades para finalizar ao gol do Londrina.

O time paranaense entrou em campo no esquema 4-4-2, formando um losango no meio-campo. O técnico Cláudio Tencati escalou três volantes e deixou o experiente Celsinho, livre, para armar as jogadas aos atacantes Paulinho e Joel.

O melhor: Paulinho ? O atacante deu muito trabalho ao jovem sistema defensivo do Santos. Além de dar a assistência para o gol de Joel, Paulinho, que defendeu o Grêmio no Brasileirão de 2013, puxava os contra-ataques, driblava e finalizava com muito perigo ao gol de Vladimir.

O pior: Souza ? O meia não conseguiu fazer o papel de Lucas Lima na armação das jogadas. Ficou muito escondido no jogo, errou passes simples e finalizou muito mal quando teve uma boa oportunidade.

Para lembrar:

O Santos entrou em campo com nove jogadores revelados nas categorias de base do clube. São eles: Vladimir, Zé Carlos, Paulo Ricardo, Vinicius Simon, Emerson Palmieri, Alan Santos, Diego Cardoso, Stéfano Yuri e Jorge Eduardo. Nailson, que entrou no lugar de Simon, foi o décimo atleta da base em campo. Somente Souza e Renato não foram revelados na Vila Belmiro.

Aqui é trabalho mesmo: Oswaldo de Oliveira comandou treino-tático com os atletas titulares na tarde desta quinta-feira, no CT Rei Pelé. Em seguida, o treinador viajou para Londrina. Após comandar o time B contra o time paranaense, Oswaldo já viaja de volta no inicio desta madrugada ao litoral paulista, onde treinará a equipe principal na manhã desta sexta-feira.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 2 X 1 SANTOS

Local: Estádio DO Café, em Londrina-PR

Data: 31 de julho de 2014, quinta-feira

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva e Luiz Antonio Barbosa (ambos de MG)

Gols: Joel aos 23 minutos do primeiro e aos 45 do segundo (LON); Geuvânio aos 41 do segundo tempo (SAN)

Cartões amarelos: Renato e Alan Santos (SAN); Paulinho e Celsinho (LON)

Londrina: Vítor, Lucas Ramon, Sílvio, Dirceu e Allan Vieira; Diogo Roque, Bidía (Leonardo), Léo Maringá e Celsinho (Rone Dias); Joel e Paulinho.

Técnico: Cláudio Tencati.

Santos: Vladimir, Zé Carlos, Paulo Ricardo, Vinicius Simon (Nailson) e Emerson Palmieri; Alan Santos, Renato e Souza; Jorge Eduardo (Geuvãnio), Diego Cardoso e Stéfano Yuri (Giva).

Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Fonte: Uol