Em jogo bastante polêmico, São Paulo segura o Bahia e vence por 1 a 0 na arena Fonte Nova

Em jogo bastante polêmico, São Paulo segura o Bahia e vence por 1 a 0 na arena Fonte Nova

Um dos aspectos mais marcantes do jogo foi a arbitragem controversa de Sandro Meira Ricci.

Em jogo bastante polêmico, o São Paulo derrotou o Bahia por 1 a 0 com dois a menos e manteve sua trajetória na fuga contra o rebaixamento. A equipe paulista não vencia na Fonte Nova desde 1971, e conseguiu o resultado com gol marcado no primeiro tempo por Aloísio - o centroavante, que não marcava há 11 jogos no Campeonato Brasileiro, deixou o jogo lesionado.

Um dos aspectos mais marcantes do jogo foi a arbitragem controversa de Sandro Meira Ricci. No início do jogo, o juiz anulou gol de Paulo Miranda alegando falta em Marcelo Lomba. Mais tarde, mostrou o cartão vermelho para Denílson por falta dura em William Barbio. Já na etapa complementar, o árbitro expulsou Maicon por considerar que o meio-campista agiu com ironia depois de receber amarelo.

Na próxima rodada, o São Paulo tem pela frente jogo complicado fora de casa contra o Internacional, no domingo, às 16h. Já o Bahia recebe o Atlético-PR na Fonte Nova no mesmo horário.

O São Paulo começou melhor a partida e teve gol anulado em lance bastante polêmico. Aos 7min, depois de escanteio, Paulo Miranda aproveitou rebote de Marcelo Lomba e empurrou para o fundo do gol. A arbitragem de Sandro Meira Ricci, entretanto, assinalou falta do zagueiro no lance. A resposta do Bahia saiu em chute de Feijão que, com desvio em Tolói, acertou o travessão e por pouco não encobriu Ceni.

A partida seguiu movimentada, com as duas equipes marcando firme e buscando usar o amplo campo da Fonte Nova para criar jogadas. Aos 23min, Rafael Tolói viu Aloísio a frente e fez ótimo lançamento. O atacante avançou em direção à área e fuzilou o gol de Lomba. O centroavante ainda teve chance de ampliar aos 29min, mas o goleiro do Bahia defendeu com agilidade a cabeçada do são-paulino.

O time paulista parecia próximo ao segundo gol, mas viu sua situação ficar complicada. Aos 34min, Denílson entrou forte em William Barbio e a arbitragem considerou que o lance merecia o vermelho direto. Para recompor o time, Muricy foi obrigado a sacar Ademílson, que fazia bom jogo, para a entrada de Wellington. Com a diferença numérica, o Bahia mudou o panorama e passou a buscar o empate.

Depois do intervalo, o São Paulo teve excelente chance de ampliar. Em bola que quicou na área, Aloísio recebeu em ótima posição, mas chutou por cima do travessão. O centroavante era quem mais criava perigo para o Bahia e não conseguiu ficar mais em campo. Aos 10min, o atacante deixou o jogo sentindo dores musculares e deu lugar a Welliton.

O Bahia passou a dominar o jogo, enquanto o São Paulo só tentava jogadas de contra-ataque. O time da casa, entretanto, tropeçava na falta de mira. Aos 32min, novo lance polêmico. Maicon tomou cartão amarelo enquanto tomava água e, ao aplaudir ironicamente o juiz, recebeu o vermelho. Com dois jogadores a mais, o time da casa prosseguiu no ataque e buscou o empate até os minutos finais.

Fonte: Terra