Com ataque e defesa em alta, Santos e Ituano dão largada por título paulista

Goleadores do Peixe testam boa fase contra defesa quase intransponível do time de Itu. Primeiro jogo da final do Paulista é às 16h (de Brasília),

Apostando em armas diferentes, Santos e Ituano iniciam a disputa pelo título do Campeonato Paulista neste domingo, às 16h (de Brasília), no Pacaembu. Dono do melhor ataque do torneio, o Peixe promete jogar em cima do time de Itu, que tem a defesa menos vazada do estadual.

Com 47 gols em 17 partidas, o Alvinegro Praiano lidera com sobras as estatísticas referentes ao ataque. Pela frente, porém, a equipe dirigida por Oswaldo de Oliveira terá um adversário que não teve sua meta vazada nos últimos quatro jogos do Paulistão - e que levou só 10 gols no torneio inteiro. O próprio Santos já sofreu com a competência defensiva do Ituano: na primeira fase, os dois times se enfrentaram, e o Peixe só conseguiu a vitória com um gol solitário de Cícero nos acréscimos do segundo tempo.

Consciente da dura tarefa que terá pela frente, Oswaldo de Oliveira preferiu poupar seus titulares durante a semana. Por conta disso, levou uma equipe reserva para o jogo contra o Mixto, na Arena Pantanal, pela primeira fase da Copa do Brasil. Quem se desgastou mesmo foi o próprio treinador, que se dividiu entre treinos, viagens e a partida em Cuiabá.

Após eliminar o Palmeiras no último domingo, o Ituano optou por esconder o jogo ao longo da semana. O elenco folgou na segunda-feira e, nos três dias seguintes, o técnico Doriva comandou apenas treinos leves, em campo reduzido, sem dar pistas da formação que vai escolher para o primeiro jogo da final. No entanto, o treinador adiantou que deve usar contra o Santos a mesma receita que utilizou contra o Alviverde: jogar fechado até a metade do segundo tempo e, a partir daí, explorar as brechas que a equipe da Vila Belmiro deixar na defesa.

Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral apitará o jogo entre Ituano e Santos. Ele será auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo.

Escalações:

Santos: Oswaldo de Oliveira não fez mistério. Em relação à equipe que venceu o Penapolense na semifinal, o Alvinegro não terá os laterais Cicinho e Eugenio Mena, suspensos - eles serão substituídos por Bruno Peres e Emerson, respectivamente. A formação será a seguinte: Aranha; Bruno Peres, Neto, David Braz e Emerson; Arouca, Cícero e Gabigol; Geuvânio, Thiago Ribeiro e Leandro Damião.

Ituano: Doriva conta com o retorno do volante Paulinho, que estava suspenso na semifinal, e deve escalar o time com Vágner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Paulinho, Josa, Jackson Caucaia e Cristian; Rafael Silva e Esquerdinha.

Fonte: GloboEsporte.com