Com bico "mais normal" do que o das rivais, Ferrari F14T é apresentada

Modelo deste ano terá parte dianteira mais tradicional do que as das concorrentes

A Ferrari apresentou neste sábado o carro que tentará recolocar a escuderia na direção das vitórias. Diferente das concorrentes que apresentaram carros com bicos diferentes, o F14T terá uma parte dianteira mais elegante. Guiado por Fernando Alonso e Kimi Raikkonen, o 60º modelo da escuderia terá a missão de quebrar o jejum sem títulos que vem desde 2007, ano em que o próprio finlandês se sagrou campeão.

O chassi de fibra de carbono é bastante leve e resistente. O cambio longitudinal tem 8 marchas, o câmbio semi automático é sequencial com troca de marcha rápida, freios ventilados na frente e atrás, e suspensão independente. O peso com água, lubrificante e piloto chega a 691kg. As rodas são de aro 13. O motor turbo é de 1.600 cilindradas com 15 mil RPM. A capacidade do tanque é de 100kg, o equivalente a 120 litros.

Para Alonso, as mudanças no carro implicam em um novo estilo de pilotagem:

- Acho que o melhor momento foi o Shumacher ganhando em 2005. Nos últimos anos ficamos muito perto e vamos tentar esse ano uma sorte melhor. A fórmula 1 muda muito para 2014. Essas mudanças no motor implicam no estilo de pilotagem. Acho que o time formado por Kimi e eu terá muito sucesso. Ele teve muito sucesso na carreira dele. Vamos começar do zero. Esperamos ter bons resultados. Não temos uma dupla melhor na Fórmula 1.

Chefe de equipe, Stefano Domenicalli considera que terá pela frente o maior desafio desde que chegou à Fórmula 1.

- Trouxemos nomes que são espetaculares na Fórmula 1, outros nem tanto. Investimos em novas ferramentas, como o tunel de vento. Nossos engenheiros podem fazer a diferença com esses equipamentos. É bom começar com um carro bastante confiável, que foi testado na parte mecânica e aerodinâmica. O mais importante é evitar problemas mecânicos. Temos que fazer o melhor trabalho que é pontuar e fazer bons resultados. Sabemos o que a Ferrari representa para a F1 e para o mundo.

O F14T deixou confiante o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo.

- Estou confiante. Temos uma equipe muito forte e tem tudo para ser bem sucedida. Temos a volta de Kimi, o último campeão mundial pela Ferrari, e Fernando fez grandes temporadas nos últimos quatro anos. Agora temos que vencer. Confio na parte técnica e nas pessoas que fizeram o motor. O desenrolar da temporada será crucial. Vai ser difícil saber no início quem será competitivo ou não. Mas nosso objetivo é o topo, nada menos do que isso. Acho que não temos que ter só um carro competitivo, mas uma equipe competitiva com inovações no time. E temos confiança nisso.





Fonte: Globo