Por 2 x 1, Alemanha vence e complica Holanda na Eurocopa

Por 2 x 1, Alemanha vence e complica Holanda na Eurocopa

Nesta quarta-feira, pela segunda rodada do torneio europeu, a equipe alemã venceu por 2 a 1 contando com dois gols de Mario Gomez no primeiro tempo

Uma das partidas mais esperadas da primeira fase da Eurocopa 2012, Holanda x Alemanha agradou ao torcedor presente ao Metalist Stadium, em Carcóvia, na Ucrânia. Nesta quarta-feira, pela segunda rodada do torneio europeu, a equipe alemã venceu por 2 a 1 contando com dois gols de Mario Gomez no primeiro tempo. O centroavante já havia garantido a vitória na estreia contra o Portugal na estreia e mostrou que briga pela artilharia da competição.

A Alemanha fica muito perto das quartas de final da Euro, mas sem a vaga garantida. Somente um desastre na partida contra a Dinamarca (derrota mais vitória de Portugal sobre a Holanda e saldo de gols necessário) poderá afastar os alemães da próxima fase. Já os holandeses ainda sonham, mas quase dão adeus ao torneio.

Para avançar, a equipe laranja precisa derrotar Portugal e torcer por vitória da Alemanha sobre os dinamarqueses. Sem vitórias, a Holanda é lanterna do Grupo B, enquanto os alemães são donos da liderança.

Com dois gols, Gomez foi destaque da partida ao lado de Bastian Schweinsteiger, responsável pelos passes para o centroavante alemão. Pelo lado holandês, Van Persie mostrou porque foi um dos grandes jogadores do último Campeonato Inglês e fez um belo gol para descontar.

O jogo

A partida começou animada e com um panorama que se veria até o intervalo. A Holanda trocava passes no campo de ataque, mas sem ser contundente. Já a Alemanha aproveitava as chances que criava para ameaçar de verdade o gol de Stekelenburg. Foi o caso visto aos 8min, em que Ozil aproveitou rebote e acertou a trave antes de defesa do goleiro holandês.

Pouco depois começou o show de Mario Gomez. Aos 24min, Schweinsteiger apareceu livre de marcação no meio de campo e deu grande passe para o centroavante alemão. Gomez girou na entrada da área e chutou forte o canto direito de Stekelenburg. A Holanda tentava lances de ataque, mas, sem inspiração, pouco conseguia criar.

Gomez voltou a deixar sua marca aos 38min. Novamente Schweinsteiger deu passe para o centroavante, que correu mais que a marcação e ampliou com um chute cruzado e potente que o goleiro holandês não conseguiu defender. A Alemanha ficou perto do terceiro gol aos 47min, em falta cobrada por Schweinsteiger que desviou na barreira e obrigou Stekelenburg a espalmar para escanteio.

Vendo suas chances de classificação tornarem-se raras, a Holanda voltou do intervalo com duas mudanças: o técnico Bert Van Marwijk sacou Affelay e Van Bommel para as entradas de Huntelaar e Van der Vaart. O que se viu foi uma Alemanha ainda mais ofensiva, que aproveitava os espaços da desesperada equipe laranja para chegar à área.

A seleção alemã se portava de forma quase perfeita em campo. A zaga não dava espaço aos atacantes holandeses. O meio de campo minava a criação de jogadas e chegava bem ao ataque para o apoio. No ataque, Mario Gomez seguia a postos à espera de uma nova chance para finalizar. A equipe laranja até tinha mais posse de bola, mas de forma infértil. Isto mudou.

A melhor oportunidade da Holanda até então saiu aos 25min, com Sneijder. O meia recebeu ótimo passe de Robben e finalizou cruzado, mas Boateng apareceu na área para fazer o corte. Dois minutos, a bola entrou. Van Persie carregou a bola no meio de campo e acertou um lindo chute no canto esquerdo.

O atacante do Arsenal ainda teve chance de empatar no minuto seguinte, mas Badstuber impediu a finalização. Após esse período de sufoco, a Alemanha despertou para a partida e voltou a manter a bola no campo de ataque, mas sem ameaçar Stekelenburg. Aos 44min, o goleiro holandês se complicou ao dominar a bola e quase Klose consegue o terceiro gol alemão.

Ficha técnica

HOLANDA 1 x 2 ALEMANHA

Gols

HOLANDA:

Van Persie, aos 27min do 2º tempo

ALEMANHA:

Mario Gomez, aos 24min e aos 38min do 1º tempo

HOLANDA: Stekelenburg; Van der Wiel, Heitinga, Mathijsen e Willems; De Jong e Van Bommel (Van der Vaart); Robben (Kuyt), Sneijder e Afellay (Huntelaar); Van Persie

Treinador: Bert van Marwijk

ALEMANHA: Neuer; Boateng, Hummels, Badstuber e Lahm; Khedira e Schweinsteiger; Müller (Bender), Ozil (Kroos) e Podolski, Gomez (Klose)

Treinador: Joachim Löw

Cartões amarelos

HOLANDA: Willems e De Jong

ALEMANHA: Boateng

Árbitro

Jonas Eriksson (SUE)

Local

Metalist Stadium, em Carcóvia (UCR)

Fonte: Terra