Com dores na coxa, Elano está fora da partida contra o Bolívar

Com dores na coxa, Elano está fora da partida contra o Bolívar

A lesão é a mesma que o tirou do clássico com o Botafogo no domingo, na conquista da Taça Guanabara.

O meia Elano está fora do jogo de quarta-feira, contra o Bolívar, pela quarta rodada da fase de grupos da Taça Libertadores. O jogador sentiu dores no músculo posterior da coxa direita na partida contra os bolivianos na última quarta-feira, no Maracanã, e era dúvida para o confronto da próxima semana. A lesão é a mesma que o tirou do clássico com o Botafogo no domingo, na conquista da Taça Guanabara.

Elano se recuperou a tempo de enfrentar o Bolívar no meio da semana, mas sentiu novamente o problema. O jogador, portanto, não viajará com o grupo neste domingo para a capital boliviana. No mesmo dia, o time C rubro-negro joga contra o Bangu, pelo Campeonato Carioca.

Assim, o técnico Jayme de Almeida ganhou mais um problema para administrar de olho na partida em La Paz, que ganhou caráter mais decisivo após o tropeço da última quarta-feira. O Rubro-Negro já não contaria com Cáceres, que sofreu um luxação no ombro direito e ficará pelo menos seis semanas fora. O jogador deixou o Ninho do Urubu nesta sexta-feira com o local imobilizado.

- Elano está fora. Não tem condições. É um jogador experiente, que ajuda o time, com gente nova na competição. Mas nunca fiquei nem vou ficar chorando, pois há atletas que podem ajudar. Vamos lá fazer um grande um jogo e recuperar os pontos que deixamos passar no Maracanã - disse Jayme após o treino.



Para a vaga de Elano, haverá uma disputa intensa. Carlos Eduardo, Paulinho e Lucas Mugni brigam pela posição. Já no lugar de Cáceres, Amaral deve ganhar nova chance no time principal. O jogador ficou marcado pela expulsão no jogo com o León, do México, na estreia na Taça Libertadores.

- Amaral é um menino que foi e é importante no nosso elenco na função de primeiro volante, mas caiu muito de produção esse ano. Infelizmente, foi expulso contra o León e percebeu que nos prejudicou. Mas ele não foi afastado. Pegou dois jogos de suspensão e não poderia ficar escalando. Nessa contusão grave do Cáceres, estou pensando nele - explicou o treinador.

Fonte: GloboEsporte