Inspirados em Zico, jovens do Fla vão conquistando lugar no grupo

Em meio a uma crise que parece não ter fim, o Flamengo ainda arranja motivos para celebrar o trabalho feito neste início de temporada


Com frio na barriga, jovens do Fla se inspiram em Zico e formam base do time na Libertadores

Em meio a uma crise que parece não ter fim, o Flamengo ainda arranja motivos para celebrar o trabalho feito neste início de temporada. No caminho inverso das principais estrelas, os jovens valores formados na base vão conquistando seu espaço e já formam praticamente a metade do grupo que disputa a Taça Libertadores.

Com 12 entre os 25 atletas do elenco rubro-negro na competição sul-americana, os jogadores mostram que a conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2011 não foi por acaso e ajudam o técnico Vanderlei Luxemburgo a resolver parte dos problemas em campo.

Além da dúzia (quadro) escalada por Luxa para a primeira fase da Libertadores, outros quatro nomes figuram entre os profissionais: o lateral Galhardo, o volante João Victor e os atacantes Diego Maurício e Adryan.

Destaque absoluto da nova geração, o meia Luiz Antônio, que marcou o gol rubro-negro na partida da última quarta-feira, admite um frio na barriga acima do normal e revela a inspiração no lema do maior ídolo do clube, Zico, que dizia que "craque o Flamengo faz em casa".

"Quando entramos em campo, ainda dá um frio na barriga muito grande. Mesmo treinando há um tempo no profissional, é difícil de se acostumar com tudo isso, principalmente em uma partida da Libertadores. Mas isso nada mais é que a prova do trabalho bem feito que nós sempre acompanhamos na base. Quando o Zico fala que o Flamengo faz craque em casa, é verdade. Sempre me inspirei muito nisso. Queria mostrar que ele estava certo", disse o meia, revelando detalhes da convivência com jogadores que um dia já foram ídolos.

"Ainda rola aquela admiração natural na concentração. Há pouco tempo atrás, olhávamos para TV e víamos o Ronaldo brilhando no Barcelona, o Léo Moura voando ali pela lateral, o Renato Abreu jogando muito bem... Agora, é todo mundo junto, são companheiros do dia a dia", destacou Luiz Antonio.

E a admiração pelo trabalho dos companheiros é recíproca. Um dos líderes do elenco e referência para os mais jovens, o lateral Léo Moura elogiou o desempenho dos jovens rubro-negros. "Eles estão aí mostrando serviço. Não tem essa de completar elenco. Todos estão fazendo um grande trabalho e provando que são fundamentais para o time. Esse é o verdadeiro objetivo do trabalho na base", destacou o camisa 2, que deu o passe para o gol de Luiz Antonio contra o Real Potosí.

Neste sábado, a garotada do Flamengo terá mais uma chance de mostrar seu valor. Com o time principal poupado para a "decisão" pela Libertadores na próxima quarta, os jovens formarão o time que irá enfrenta o Macaé, no norte fluminense, pela segunda rodada do Campeonato Carioca.

Na primeira oportunidade, comandados por Camacho, os jovens realizaram uma grande atuação e venceram o Bonsucesso por 4 a 0, no último fim de semana, na estreia do estadual. Desta vez, o time ainda terá o "reforço" de Luiz Antônio, único titular que participará do jogo.

Fonte: uol.com