Com gol de Dentinho, Timão vence Flu

Com o resultado, o Alvinegro joga por um empate no duelo da volta, na próxima quarta-feira

Nem Ronaldo, muito menos Fred. No duelo entre dois dos jogadores que disputaram a última Copa do Mundo, quem brilhou foi Dentinho. Com um gol do jovem atacante ainda no primeiro tempo, o Corinthians venceu o Fluminense por 1 a 0, no Pacaembu, e largou na frente na disputa por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. O goleiro Fernando Henrique, com uma grande exibição, impediu um placar mais amplo para os paulistas.

O gol de Dentinho com a narração de Oscar Ulisses, da Rádio Globo SP

Com o resultado, o Alvinegro joga por um empate no duelo da volta, na próxima quarta-feira, às 21h50m, no Maracanã, e também por qualquer placar com diferença de um gol, desde que balance a rede da equipe carioca. Para se classificar, o Tricolor precisa vencer por dois ou mais gols de diferença - vitória por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Antes disso, pela segunda rodada do Brasileirão, o Corinthians enfrenta o Botafogo, domingo, às 18h30m, no Engenhão, enquanto o Fluminense atua novamente em São Paulo, desta vez diante do Barueri, no mesmo dia, às 16h, na Arena.

Timão começa sufocando o Flu, e Dentinho marca

O início da partida não poderia ser melhor para o Corinthians. Muito recuado, o Fluminense tentou se safar da pressão inicial, mas trouxe o adversário para dentro do seu campo. Empurrado pela torcida, que compareceu em massa ao Pacaembu, a equipe do Parque São Jorge não precisou de muito tempo para começar a dar trabalho ao goleiro Fernando Henrique.

Logo aos oito minutos, após cobrança de escanteio pela direita, o zagueiro Chicão apareceu livre na área, pegou de primeira em um belo chute, mas mandou a bola por cima da meta. Aos 11, o gol. Cristian lançou, a defesa parou, e Dentinho invadiu livre. Na saída do goleiro, bateu forte e rasteiro, fazendo a Fiel explodir nas arquibancadas.

Nem mesmo a desvantagem fez o time de Carlos Alberto Parreira se abrir. Apenas Thiago Neves, Maicon e Fred tinham liberdade para atacar, com alguns avanços do lateral-direito Mariano. No entanto, sempre presos no bom posicionamento defensivo do Timão. Aos 19, mais uma chance para os paulistas. Alessandro fez boa jogada pela dieita e tocou para Dentinho carimbar a trave.

O Corinthians teve outra grande oportunidade, aos 34. André Santos roubou a bola de Thiago Neves e lançou Jorge Henrique. Livre na área, ele chutou, mas foi travado por Edcarlos. No rebote, Ronaldo bateu mascado, e Fernando Henrique conseguiu espalmar a escanteio. Dez minutos mais tarde, Alessandro avançou pela direita e cruzou. Ronaldo pegou forte, e o goleiro tricolor fez excelente defesa.

Felipe e Fernando Henrique, as muralhas

No segundo tempo, o Fluminense reapareceu um pouco ofensivo, mas Fred e Thiago Neves, que não jogavam bem, não colaboraram em nada para que Felipe trabalhasse nos primeiros minutos. Do lado contrário, Fernando Henrique voltou a ser exigido, aos cinco, quando André Santos cobrou falta. O camisa 1 espalmou no canto direito, evitando o segundo gol.

O Fluminense só conseguiu criar um lance perigoso aos 17. Thiago Neves, em sua primeira boa jogada, lançou Maicon nas costas de André Santos. O atacante invadiu a área, mas Felipe se antecipou e deu um chutão para fora da área, salvando o lance que poderia resultar no empate carioca. Três minutos depois, outra grande oportunidade desperdiçada o time das Laranjeiras. Thiago Neves recebeu passe de Marquinho e, cara a cara, carimbou o peito de Felipe.

O lance fez o Corinthians acordar e voltar a pressionar. Aos 23, Elias arriscou de longe, a bola ganhou efeito, e Fernando Henrique espalmou no canto esquerdo. Logo em seguida, Ronaldo deu lindo passe para André Santos entrar na área. O lateral chutou forte, mas o goleiro do Flu tirou com os pés.

O Fluminense, mais presente no campo de ataque, quase empatou aos 39. Conca deu ótimo passe de calcanhar para Alan, na linha de fundo, e o atacante cruzou muito forte. A bola passou por Fred, que, de carrinho, não conseguiu alcançar, já com Felipe batido no lance. Aos 42 foi a vez do Corinthians, Ronaldo tabelou com Elias, e a bola sobrou para Cristian. Da meia-lua o volante chutou colocado, e Fernando Henrique, mais uma vez, salvou. E no último lance da partida a estrela do goleiro tricolor voltou a brilhar. Boquita soltou a bomba de longe, e o goleiro salvou com os pés.Nem Ronaldo, muito menos Fred. No duelo entre dois dos jogadores que disputaram a última Copa do Mundo, quem brilhou foi Dentinho. Com um gol do jovem atacante ainda no primeiro tempo, o Corinthians venceu o Fluminense por 1 a 0, no Pacaembu, e largou na frente na disputa por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. O goleiro Fernando Henrique, com uma grande exibição, impediu um placar mais amplo para os paulistas.

O gol de Dentinho com a narração de Oscar Ulisses, da Rádio Globo SP

Com o resultado, o Alvinegro joga por um empate no duelo da volta, na próxima quarta-feira, às 21h50m, no Maracanã, e também por qualquer placar com diferença de um gol, desde que balance a rede da equipe carioca. Para se classificar, o Tricolor precisa vencer por dois ou mais gols de diferença - vitória por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Antes disso, pela segunda rodada do Brasileirão, o Corinthians enfrenta o Botafogo, domingo, às 18h30m, no Engenhão, enquanto o Fluminense atua novamente em São Paulo, desta vez diante do Barueri, no mesmo dia, às 16h, na Arena.

Timão começa sufocando o Flu, e Dentinho marca

O início da partida não poderia ser melhor para o Corinthians. Muito recuado, o Fluminense tentou se safar da pressão inicial, mas trouxe o adversário para dentro do seu campo. Empurrado pela torcida, que compareceu em massa ao Pacaembu, a equipe do Parque São Jorge não precisou de muito tempo para começar a dar trabalho ao goleiro Fernando Henrique.

Logo aos oito minutos, após cobrança de escanteio pela direita, o zagueiro Chicão apareceu livre na área, pegou de primeira em um belo chute, mas mandou a bola por cima da meta. Aos 11, o gol. Cristian lançou, a defesa parou, e Dentinho invadiu livre. Na saída do goleiro, bateu forte e rasteiro, fazendo a Fiel explodir nas arquibancadas.

Nem mesmo a desvantagem fez o time de Carlos Alberto Parreira se abrir. Apenas Thiago Neves, Maicon e Fred tinham liberdade para atacar, com alguns avanços do lateral-direito Mariano. No entanto, sempre presos no bom posicionamento defensivo do Timão. Aos 19, mais uma chance para os paulistas. Alessandro fez boa jogada pela dieita e tocou para Dentinho carimbar a trave.

O Corinthians teve outra grande oportunidade, aos 34. André Santos roubou a bola de Thiago Neves e lançou Jorge Henrique. Livre na área, ele chutou, mas foi travado por Edcarlos. No rebote, Ronaldo bateu mascado, e Fernando Henrique conseguiu espalmar a escanteio. Dez minutos mais tarde, Alessandro avançou pela direita e cruzou. Ronaldo pegou forte, e o goleiro tricolor fez excelente defesa.

Felipe e Fernando Henrique, as muralhas

No segundo tempo, o Fluminense reapareceu um pouco ofensivo, mas Fred e Thiago Neves, que não jogavam bem, não colaboraram em nada para que Felipe trabalhasse nos primeiros minutos. Do lado contrário, Fernando Henrique voltou a ser exigido, aos cinco, quando André Santos cobrou falta. O camisa 1 espalmou no canto direito, evitando o segundo gol.

O Fluminense só conseguiu criar um lance perigoso aos 17. Thiago Neves, em sua primeira boa jogada, lançou Maicon nas costas de André Santos. O atacante invadiu a área, mas Felipe se antecipou e deu um chutão para fora da área, salvando o lance que poderia resultar no empate carioca. Três minutos depois, outra grande oportunidade desperdiçada o time das Laranjeiras. Thiago Neves recebeu passe de Marquinho e, cara a cara, carimbou o peito de Felipe.

O lance fez o Corinthians acordar e voltar a pressionar. Aos 23, Elias arriscou de longe, a bola ganhou efeito, e Fernando Henrique espalmou no canto esquerdo. Logo em seguida, Ronaldo deu lindo passe para André Santos entrar na área. O lateral chutou forte, mas o goleiro do Flu tirou com os pés.

O Fluminense, mais presente no campo de ataque, quase empatou aos 39. Conca deu ótimo passe de calcanhar para Alan, na linha de fundo, e o atacante cruzou muito forte. A bola passou por Fred, que, de carrinho, não conseguiu alcançar, já com Felipe batido no lance. Aos 42 foi a vez do Corinthians, Ronaldo tabelou com Elias, e a bola sobrou para Cristian. Da meia-lua o volante chutou colocado, e Fernando Henrique, mais uma vez, salvou. E no último lance da partida a estrela do goleiro tricolor voltou a brilhar. Boquita soltou a bomba de longe, e o goleiro salvou com os pés.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com