Com gol de Robinho, Santos vence SP

Na reestreia, Robinho marca de letra e Santos vence clássico

Em sua reestreia pelo time santista neste domingo, o atacante Robinho brilhou. O ídolo alvinegro entrou no segundo tempo, criou jogadas e deu a vitória para o Santos contra o São Paulo, por 2 a 1, ao marcar um gol de letra, na Arena Barueri, pelo Campeonato Paulista. Antes, Neymar abriu o placar para os santistas e Roger fez o gol do time tricolor.

Com o resultado, o Santos reassume a liderança do Paulista, agora com 16 pontos. O São Paulo, com 11, perde a posição entre os quatro melhores. Os dois times agora recebem um descanso do Campeonato Paulista. Enquanto o São Paulo estreia na Libertadores na quarta-feira contra o Monterrey, o Santos não entra em campo no meio de semana e só joga no próximo domingo, contra o Rio Claro.

O Santos teve maior posse de bola no primeiro tempo e rondou mais a área são-paulino. Os lances não eram tão agudos, muito pela forte marcação exercida pela defesa rival, que parava Neymar do jeito que dava. Hernanes e Xandão receberam cartão amarelo por faltas no novo xodó santista.

E foi em uma tentativa de saída para o ataque do São Paulo que nasceu o gol santista. Washington errou o passe e a bola ficou para Arouca. O ex-são-paulino, trocado por Rodrigo Souto no início da temporada, tabelou e recebeu nas costas de Miranda e caiu com o choque do zagueiro. Pênalti.

Na cobrança, aos 38min, Neymar deu paradinha, Ceni caiu para a direita e o atacante chutou na esquerda. Do banco, Robinho vibrava com o desempenho santista e quase teve mais um motivo para comemorar aos 42min, quando Wesley chutou de longe e obrigou Rogério Ceni a espalmar para escanteio.

O São Paulo voltou melhor no segundo tempo e teve maior controle do jogo nos primeiros minutos. Jean, em chute da grande área e em cobrança de falta, perdeu duas oportunidades antes de o time conseguiu o empate aos 22min. Quando Robinho já estava em campo, Marcelinho cruzou da direita e Roger, que acabara de entrar, subiu mais que a zaga santista e cabeceou para as redes.

Um freio na empolgação rival, que já ensaiava pedaladas com Robinho e Neymar. O São Paulo cresceu na partida, mas levou um susto aos 29min. Robinho tabelou, recebeu de frente para Rogério Ceni, mas foi parado pelo goleiro são-paulino. O atacante santista ainda perdeu outra oportunidade, chutando à direita de Ceni, antes de dar a vitória ao Santos.

Aos 40min, Wesley cruzou da direita e Robinho se antecipou ao goleiro, completando de letra. Reestreia perfeita do craque santista, emprestado até agosto pelo Manchester City.

Fonte: Terra