Massa fecha treino para 1º GP em discreto 12º lugar; Mercedes lidera

Britânico e Rosberg comandam dobradinha do time em Melbourne. Alonso fecha em 3º e Massa, em discreto 12º lugar.

O problema no motor de Lewis Hamilton logo no começo do primeiro treino livre para o GP da Austrália, etapa de abertura do mundial de F-1, colocou um ponto de interrogação na confiabilidade da Mercedes, equipe que mais impressionou na pré-temporada. Mas já na atividade seguinte as ?Flechas de Prata? chutaram a desconfiança para escanteio.


Com Hamilton no topo, Mercedes põe 0s5 nos rivais no 2º treino na Austrália

Lewis Hamilton, com 1m29s625, e Nico Rosberg (1m29s782) puxaram a fila no segundo treino livre desta sexta-feira ensolarada em Melbourne. A dupla ficou cerca de 0s5 à frente de Fernando Alonso, da Ferrari, que havia liderado a primeira sessão. Com pneus médios e concentrado em simulações de corrida, Felipe Massa fechou o dia em uma discreta 12ª posição.

- Foram dois dias em um hoje. Embora seja decepcionante não ter tempo de pista na manhã, esses pequenos ?soluços? vão acontecer com os novos carros e devemos nos acostumar com eles. Eu estava um pouco com pé atrás, mas, depois consegui andar rapidamente no segundo treino livre. Senti-me confortável no carro, e isso é um começo positivo - analisou o britânico.

Na sequência, apareceu um surpreendente Sebastian Vettel. Após todos as dificuldades enfrentadas com o superaquecimento dos motores Renault nos testes, o carro da RBR mostrou mais confiabilidade nesta sexta. O tetracampeão mundial foi quem mais deu voltas (41) e fechou o dia com a quarta melhor volta: 1m30s381.

Após um promissor desempenho na atividade inicial, quando fez o quarto tempo, Felipe Massa terminou em uma discreta 12ª posição na segunda sessão, com 1m31s119. Assim como na manhã, o brasileiro ficou atrás de seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas, o oitavo colocado. O resultado, porém, não deixou Felipe e o time inglês em alerta. O piloto, um dos muitos que chegaram a dar um passeio na grama, não se preocupou em fazer voltas rápidas no segundo treino livre. Segundo ele, o objetivo era testar simulações de corridas. Além disso, usou mais os pneus médios, mais lentos que os compostos macios utilizados pelo finlandês. No fim, a dupla ainda aproveitou para treinar pit stops com os mecânicos.

- A gente não teve uma sessão pensando em fazer tempo, pensamos em fazer outras coisas no carro - explicou o piloto brasileiro.

Lotus e Caterham sofrem

Quem tem reais motivos para se preocupar são Lotus e Caterham. O martírio enfrentado pelas duas equipes no treino inicial continuou. No time preto e dourado, Pastor Maldonado nem saiu dos boxes e Romain Grosjean deu apenas 12 voltas. Já na equipe verde esmeralda, Marcus Ericsson completou apenas um giro, enquanto Kamui Kobayashi sequer foi para a pista.

Os pilotos voltam para a pista à meia-noite de sábado para domingo (horário de Brasília), para o terceiro e último treino livre, com exibição do SporTV. O treino que define o grid de largada está marcado para as 3h. O GP da Austrália será disputado neste domingo, no mesmo horário. A TV Globo transmite a a classificação e as emoções da primeira corrida do ano ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha tudo em Tempo Real.

Confira os melhores tempos do primeiro treino livre:

1. Lewis Hamilton (ING/Mercedes): 1m29s625

2. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): 1m29s782

3. Fernando Alonso (ESP/Ferrari): 1m30s132

4. Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault): 1m30s381

5. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes): 1m30s510

6. Daniel Ricciardo (AUS/RBR-Renault): 1m30s538

7. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari-Ferrari): 1m30s898

8. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes): 1m30s920

9. Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes): 1m31s031

10. Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes): 1m31s054

11. Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari): 1m31s060

12. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes): 1m31s119

13. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes): 1m31s283

14. Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari): 1m32s355

15. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari): 1m32s468

16. Daniil Kvyat (RUS/STR-Ferrari): 1m32s495

17. Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari): 1m33s489

18. Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault): 1m33s646

19. Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari): 1m34m757

20. Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault): sem tempo

21. Kamui Kobayashi (JAP/Caterham-Renault): sem tempo

22. Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault): sem tempo

Fonte: GloboEsporte