Com Neymar protagonista, Barcelona vence Celtic por 1a 0

Com Neymar protagonista, Barcelona vence Celtic por 1a 0

Na primeira etapa do duelo disputado na Escócia, o Celtic tentou controlar o jogo

Na ausência do argentino Lionel Messi, o brasileiro Neymar teve papel de destaque na vitória do Barcelona por 1 a 0 sobre o Celtic nesta terça-feira, na Escócia, em duelo válido pela segunda rodada do Grupo H da Liga dos Campeões da Europa. O atacante nacional teve participação efetiva ao ser responsável pela expulsão de um adversário e iniciar a jogada que deu o único gol da partida ao time catalão. Em outro confronto do grupo, Ajax e Milan fizeram gols no fim para empatar em 1 a 1.

Na primeira etapa do duelo disputado na Escócia, o Celtic tentou controlar o jogo e impedir avanços perigosos do Barcelona. A estratégia deu certo por boa parte dos primeiros 45 minutos e os visitantes só deram trabalho no fim: aos 41min, Neymar quase marcou ao desviar de primeira cruzamento de Daniel Alves e aos 45min Xavi cobrou falta que quase complicou a vida de Forster.

O segundo tempo parecia que ficaria mais fácil para o Barcelona ao Celtic ter um jogador expulso aos 14min - o meio-campista Brown fez falta dura em Neymar, ainda chutou o brasileiro na sequência e recebeu o vermelho. Pela jogada, o brasileiro recebeu vaias da torcida escocesa até o fim da partida.

A expulsão não ajudou a equipe catalã de início - os mandantes quase marcaram em lances sequenciais aos 28min e 29min. Dois minutos mais tarde, no entanto, os espanhóis não perdoaram: Neymar deu ótimo lançamento para Sánchez, que cruzou na medida para Fábregas cabecear e fazer o único gol da partida.

Já o confronto disputado na Holanda teve grande atuação na primeira etapa do Ajax no duelo de tradicionais contra o Milan. A equipe da casa dominou os primeiros 45 minutos, mas, mesmo com grande porção da posse de bola, não conseguiu fazer inaugurar o marcador.

Na volta do intervalo, o Milan reagiu no jogo e a partida se equilibrou. Entretanto, os donos da casa pressionaram no fim e conseguiram abrir o placar aos 45min em uma cabeceada de Stefano Denswil após cobrança de escanteio. Dois minutos mais tarde, contudo, o Milan teve um pênalti polêmico a favor e Balotelli anotou para deixar tudo igual.

Fonte: Terra