Com polêmica, Alexandre Pato marca e dá vitória ao Corinthians sobre São Paulo

Com polêmica, Alexandre Pato marca e dá vitória ao Corinthians sobre São Paulo

Jadson inaugurou placar logo aos 5min do primeiro tempo e viu Danilo igualar o marcador pouco antes do intervalo

Neste domingo de Páscoa, no Estádio do Morumbi, São Paulo e Corinthians fizeram clássico quente e disputado. Ao fim, a equipe visitante conquistou a vitória de virada por 2 a 1, a partir de gol de Alexandre Pato, que entrou no segundo tempo. O atacante converteu pênalti cometido por Rogério Ceni, que causou muita discussão entre os jogadores. O resultado mantém a equipe tricolor na liderança do Campeonato Paulista, com 35 pontos, enquanto os alvinegros têm 29 na quarta posição.

Jadson inaugurou placar logo aos 5min do primeiro tempo e viu Danilo igualar o marcador pouco antes do intervalo. O gol de Pato saiu aos 38min da etapa complementar. Durante o jogo, a equipe da casa foi superior, mas não soube converter seu volume de jogo em gols.

Os rivais voltam a campo nesta semana pela Copa Libertadores, em duelos decisivos para conseguir a classificação na fase de grupos. Pelo Paulista, o São Paulo tem na próxima rodada compromisso com o Botafogo em Ribeirão Preto, partida que ocorre no domingo, às 18h30. No mesmo dia, às 16h, o time alvinegro recebe o São Bernardo no Pacaembu.

Mesmo com partidas importantes pela Libertadores na próxima semana, São Paulo e Corinthians usaram seus melhores jogadores disponíveis, mas definidos por desfalques. Ney Franco não contou com os lesionados Cortez e Rhodolfo, deixando Carleto e Edson Silva no time titular. Já Tite pôde usar Guerrero e optou por deixar no banco Alexandre Pato, que ainda não está em sua capacidade física máxima.

O jogo

A partida começou movimentada e com gol logo aos 5min. Osvaldo dominou a bola pela esquerda, avançou em direção à área e tocou para Jadson, do outro lado. O camisa 10 passou pela marcação e tocou cruzado na saída de Cássio. Os jogadores do Corinthians reclamaram de suposta falta em Alessandro no início da jogada, mas foram ignorados pela arbitragem.

Diferentemente dos últimos clássicos entre grandes no Paulista, o jogo via as equipes despertas e um clima quente. Duas faltas em sequência de Luís Fabiano fizeram com que os atletas adversários insistissem em um cartão amarelo. O Corinthians criou boa oportunidade aos 15min, em cobrança de falta de Paulinho que foi no centro do gol, mas pegou efeito e deu trabalho a Rogério Ceni.

A forte marcação são-paulina dava poucos espaços ao Corinthians, que ficou perto de sofrer o segundo gol. Aos 21min, Jadson deixou Osvaldo livre na área pela esquerda e o atacante optou por chutar de primeira, mandando por cima do travessão. No minuto seguinte, o time alvinegro respondeu em jogada rápida de Guerrero para Romarinho, mas Ceni saiu do gol e tirou com os pés.

No restante do primeiro tempo, a tônica seguiu similar. O São Paulo era superior, muito por conta de sua marcação bem feita, mas desperdiçava as chances que criava. A arbitragem deixava o jogo seguir, o que provocou divididas duras e muita reclamação, principalmente do lado do Corinthians. Aos 41min, a equipe alvinegra contou com o brilho individual de Danilo para empatar. O meia dominou bola pela esquerda, ignorou a marcação de Paulo Miranda e acertou belíssimo chute no ângulo esquerdo de Ceni.

Segundo tempo

A partida voltou mais morna do intervalo, com as equipes trocando passes para superar a marcação adversária. Não demorou muito para que Tite optasse por fazer uma alteração e trocou Guerrero por Alexandre Pato. Mesmo assim, o São Paulo era quem tinha mais a posse da bola.

O Corinthians ficou perto da virada aos 18min, quando Rogério Ceni furou chute na pequena área, mas o goleiro se recuperou e fez a defesa. Ganso era um dos destaques do São Paulo, comandando a criação com passes precisos, mas pecando na finalização. Aos 29min, o time tricolor precisou fazer sua primeira substituição, a troca de Denílson por Wellington, por questões físicas.

A partida ganhou polêmica e um gol aos 38min. Tolói recuou bola perigosíssima para Ceni, que precisou sair do gol e dividiu com Pato. A arbitragem viu pênalti do goleiro e, após muita discussão, o próprio camisa 7 pegou a bola e converteu a cobrança.

Ficha técnica

SÃO PAULO 1 x 2 CORINTHIANS

Gols

SÃO PAULO:

Jadson, aos 5min do 1º tempo

CORINTHIANS:

Danilo, aos 42min do 1º tempo, e Alexandre Pato, aos 28min do 2º tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Douglas), Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Denilson (Wellington) e Maicon (Wallyson); Jadson, Ganso e Osvaldo; Luís Fabiano

Treinador: Ney Franco

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho (Edenílson), Danilo e Emerson (Jorge Henrique); Guerrero (Alexandre Pato)

Treinador: Tite

Cartões amarelos

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Carleto e Ganso

CORINTHIANS: Alessandro, Emerson e Alexandre Pato

Público

20.930 pagantes

Renda

R$ 708.080,00

Árbitro

Leandro Bizzio Marinho (SP)

Local

Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra