Com reservas contra Ponte, Bauza dá pistas do SP que será usado em

Ponte Preta e São Paulo se enfrentam às 16h deste domingo

Ponte Preta e São Paulo se enfrentam às 16h deste domingo no Moisés Lucarelli, em Campinas, em partida que será encarada pelo técnico Edgardo Bauza como algo fora das prioridades: só os reservas vão a campo enquanto os titulares são poupados para a semifinal da Libertadores.

Patón só definiu o time em treino no sábado, e decidiu liberar o zagueiro Lucão da partida, uma vez firmada a transferência ao Porto, de Portugal, envolvido na negociação do companheiro de posição Maicon. A escalação definida para a partida dá pistas de como o treinador escalará a equipe na quarta-feira, contra o Atlético Nacional, no Morumbi, sem Paulo Henrique Ganso e Kelvin, lesionados.

O São Paulo terá Caramelo, Lugano, Lyanco e Matheus Reis na linha de defesa, Artur e Wesley como volantes, Centurión, Cueva e Luiz Araújo na linha de meio, e Alan Kardec no ataque. Na quinta-feira, Bauza afirmou que quem fosse escalado contra a Ponte Preta não seria titular na quarta-feira, à exceção do goleiro Denis.

As escolhas indicam que Matheus Reis, Wesley e Alan Kardec, que poderiam entrar em algumas das vagas disponíveis na equipe, não jogarão. Da mesma forma, praticamente confirmam Carlinhos presente na decisão.

Além de Ganso e Kelvin, Bauza ainda aguarda recuperações do lateral esquerdo Eugênio Mena e do volante Hudson. Carlinhos, se não jogar na lateral, deverá ocupar uma das pontas, no meio de campo. João Schmidt pode ser usado no lugar de Hudson ou até de Ganso, enquanto Ytalo, fora do time contra a Ponte, ganha força para ser titular na quarta-feira.

Fonte: Com informações da UOL