Com retranca, Flamengo cede empate ao Lanús na Argentina pela Copa Libertadores

Com retranca, Flamengo cede empate ao Lanús na Argentina pela Copa Libertadores

O time carioca foi para a Argentina disposto apenas a se defender e ainda teve a vitória nas mãos.

Por pouco o Flamengo não conseguiu sucesso em sua estratégia na Copa Libertadores, nesta quarta-feira. O time carioca foi para a Argentina disposto apenas a se defender e ainda teve a vitória nas mãos. Mas o Lanús conseguiu superar a retranca e empatou por 1 a 1 na estreia dos times na fase de grupos.

Escalado com um meio-campo cauteloso, com três volantes de marcação (Aírton, Maldonado e Willians) e apenas Renato Abreu na criação, o Flamengo ficou recuado em campo e sofreu pressão desde o começo do jogo. O Lanús perdeu chances claras de gol e o time carioca soube aproveitar uma das poucas chances que teve: Léo Moura, único destaque flamenguista no primeiro tempo, fez seu gol aos 45min.

A pressão do Lanús diminuiu no segundo tempo, mas o time argentino conseguiu fazer seu gol exatamente quando o Flamengo ameaçava dominar o jogo. César Carranza saiu do banco de reservas para decretar o empate no segundo tempo. O time carioca ainda melhorou por causa da entrada de Botinelli, mas não conseguiu mudar o placar.

Com o empate, Lanús e Flamengo somaram o primeiro ponto no Grupo B. O líder da chave agora é o Emelec, que venceu o Olimpia na estreia e é o próximo adversário do time brasileiro na Libertadores.

O jogo

O Flamengo demorou apenas 6min para tomar um susto. Foi quando, após cruzamento da direita, Neira foi encontrado sozinho na área. Ele chutou forte e para o gol, mas Felipe salvou com os pés. Foi só o começo de uma grande pressão que o Lanús aplicou sobre o time carioca nos minutos seguintes.

O Flamengo só foi conseguir assustar o gol adversário pela primeira vez aos 17min e foi em um lance de bola parada: Renato Abreu cobrou falta de longa distância e a bola passou perto do travessão. Mas apenas três minutos depois, o poste também foi acertado pelo Lanús, quando Goltz chutou forte, após cobrança de tiro livre indireto dentro da área.

O Flamengo sofreu com falta de criatividade no meio-campo, por isso o Lanús continuou melhor no jogo e teve outra grande chance aos 30min. Neira fez bela jogada individual e Pavone recebeu a bola dentro da área. O centroavante virou rápido, mas chutou nas mãos de Felipe.

Mas quase nos acréscimos do primeiro tempo o improvável aconteceu: Deivid tocou para Junior César na esquerda, que cruzou rasteiro para a área. A defesa do Lanús falhou, deixou a bola passar e Léo Moura apareceu para empurrar a bola para o gol.

Como a tática defensiva deu certo no primeiro tempo, o Flamengo voltou com a mesmo postura dos vestiários. Mas aos 2min o Lanús já teve uma nova chance de gol, desperdiçada por Pereyra, que chutou cruzado para fora.

Com o passar do tempo, porém, o Lanús passou a ficar mais nervoso com a derrota. O Flamengo equilibrou a posse de bola, mas se acomodou demais e sofreu o gol do empate: após dividida na direita, a bola foi cruzada para área. Pavone teve frieza e tocou de calcanhar para César Carranza, que tinha acabado de entrar no jogo, estava livre na área e finalizou para o gol.

Apesar de ter sofrido o gol, o Flamengo melhorou no jogo e até teve chance de marcar mais um gol. Primeiro Ronaldinho acertou chute ao gol, mas Marchesín espalmou. Depois, o rebote ficou nos pés de Botinelli, que mandou a bola por cima do gol.

Ficha técnica

LANÚS 1 x 1 FLAMENGO

Gols

LANÚS:

César Carranza, aos 29min do 2º tempo

FLAMENGO:

Léo Moura, aos 45min do 1º tempo

LANÚS: Marchesín; Araujo, Goltz, Braghieri (Isquierdoz) e Luciano Balbi; Mauricio Pereyra (César Carranza), Matías Fritzler, Eduardo Ledesma, Juan Neira e Diego Valeri; Mariano Pavone

Treinador: Gabriel Schurrer

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Welinton, David Braz e Júnior César; Aírton (Botinelli), Maldonado, Willians e Renato Abreu (Luiz Antonio); Ronaldinho e Deivid (Negueba)

Treinador: Joel Santana

Cartões amarelos

LANÚS: Fritzler

FLAMENGO: Botinelli, Renato Abreu e Welinton

Árbitro

Roberto Silvera (URU)

Local

Estádio Ciudad de Lanús, em Lanús (ARG)

Fonte: Terra