Com show no 1º tempo e 25min de Neymar, Barcelona massacra Levante por 7 a 0 em estreia

Com show no 1º tempo e 25min de Neymar, Barcelona massacra Levante por 7 a 0 em estreia

Em sua estreia oficial com a camisa azul-grená, Neymar começou no banco e entrou aos 21min da segunda etapa, mas não marcou.

Em sua estreia na temporada 2013/14 do Campeonato Espanhol, o Barcelona deu mais uma mostra da disparidade que existe entre os grandes e os pequenos times do país. Sem fazer força, a equipe catalã massacrou o Levante por 7 a 0 - sendo que seis gols saíram no primeiro tempo - e largou de maneira excelente no torneio.

Em sua estreia oficial com a camisa azul-grená, Neymar começou no banco e entrou aos 21min da segunda etapa, mas não marcou. Os gols do Barcelona foram de Alexis Sánchez, Messi (dois), Daniel Alves, Pedro (dois) e Xavi.

Neymar entrou para jogar cerca de 25 minutos, no lugar de Sánchez, e atuou aberto pela esquerda do ataque. O brasileiro participou bem do jogo, tentou jogadas individuais e teve uma chance de marcar aos 40min do segundo tempo, mas o toque por cobertura foi defendido pelo goleiro Navas. Dois minutos depois, o camisa 11 levou amarelo por falta mais dura no ataque.

O passeio do Barcelona começou logo aos 3min. Após linda tabela, Fabregas deixou Sánchez sem goleiro para fazer o primeiro gol. Aos 12min, foi a vez de Messi tabelar com Pedro antes de chutar de esquerda para ampliar o marcador. Com 23min, após nova tentativa de Fabregas de deixar um companheiro na cara do gol, a bola sobrou para Daniel Alves, que só completou para as redes: 3 a 0.

Estava fácil demais. O Levante mal conseguia ficar com a bola, e não incomodou o goleiro Valdés nenhuma vez durante toda a partida. Com 26min, Messi deu lindo passe em profundidade para Pedro, que bateu com categoria para fazer o quarto gol. Aos 42min, Messi bateu pênalti com categoria e marcou o quinto. Ainda deu tempo para, aos 45min, Xavi tabelar com Fabregas e guardar o sexto gol do Barcelona.

Na segunda etapa, o time catalão apenas administrou a vantagem diante de sua torcida, que só se inflamou de novo quando Neymar entrou em campo aos 21min na vaga de Sánchez.

O brasileiro buscou jogo, mas não participou do lance do sétimo gol: aos 28min, o zagueiro Rodas vacilou ao rolar uma bola para que o goleiro Navas batesse uma falta. O árbitro interpretou que a bola já estava em jogo, e Fabregas ficou com ela para servir Pedro, que deu números finais ao marcador enquanto a defesa do Levante protestava em vão.

Fonte: Terra