Com três expulsos, Ceará resiste e empata com o Atlético-MG

O Ceará, por sua vez, caiu para a 15ª posição, mas continua a cinco pontos de distância do descenso


Com três expulsos, Ceará resiste e empata com Atlético-MG

Com dois homens a menos por quase todo o segundo tempo, o Ceará arrancou um empate heroico por 1 a 1 contra o Atlético-MG, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já no final do jogo, um terceiro atleta do time nordestino foi expulso por reclamação, em uma partida dramática. Fernando Henrique foi o destaque do jogo, tendo pegado um pênalti no primeiro tempo e feito excelentes defesas na segunda etapa.

Com o resultado, o Atlético-MG foi aos 25 pontos, na 17ª colocação. O Ceará, por sua vez, caiu para a 15ª posição, mas continua a cinco pontos de distância do descenso.

Na próxima rodada, o Atlético-MG encara na própria Arena do Jacaré o América-MG, no clássico dos desesperados para fugir do rebaixamento. Já o Ceará receberá no Presidente Vargas o Figueirense.

O jogo

Apesar de jogar fora de casa, quem deu o primeiro susto da partida foi o Ceará. Logo aos quatro minutos da etapa inicial, Leandro Chaves bateu uma falta que atravessou a área sem que nenhum jogador do time mineiro cortasse e a bola acabou caindo para Daniel Marques, que furou na hora de finalizar.

O Atlético-MG não demorou a reagir e, aos sete minutos, Magno Alves arriscou da intermediária e exigiu uma de difícil defesa de Fernando Henrique. Pouco depois, aos 13min, o estreante lateral direito Carlos Cesar apareceu como centroavante na marca do pênalti e encheu o pé direito no ângulo, abrindo o placar para a equipe da casa.

O autor do gol continuou com seus avanços até o fim da primeira etapa e, aos 33min, foi derrubado por Rudnei dentro da área após passe de calcanhar de André. O árbitro Francisco Carlos Nascimento assinalou o pênalti e advertiu o volante do Ceará com o cartão amarelo. Magno Alves cobrou no canto direito de Fernando Henrique que pulou para o lado certo e realizou uma bela defesa.

Abalado pelo pênalti perdido, o Atlético-MG se distraiu e permitiu que Osvaldo avançasse na ponta esquerda e cruzasse na pequena área para que Leandro Chaves, sem marcação, cabeceasse para o fundo das redes do goleiro Giovanni, aos 37min.

O time da casa, porém, acordou após sofrer o gol de empate e voltou a pressionar, principalmente com jogadas individuais do jovem meia Bernard, que infernizou o lado direito da defesa do Ceará.

Já nos acréscimos, Daniel Carvalho arrancou na intermediária, se livrou de dois marcadores e foi derrubado pelo volante Michel um pouco antes da meia lua. Pendurado, o meio-campista do Ceará foi punido com o segundo cartão amarelo e expulso de jogo.

No retorno do intervalo, Cuca tirou Magno Alves, que se mostrou desligado durante o jogo, para mandar a campo Jônatas Obina. Aos 7min, João Marcos demorou para cobrar uma falta e foi advertido com o amarelo. O volante, improvisado na lateral direita, reclamou com o árbitro, que deu nova advertência, mandando outro jogador do Ceará mais cedo para o chuveiro. Para recompor a defesa, Estevam Soares tirou o centroavante Roger e colocou o lateral Boiadeiro em campo.

Cuca fez o contrário. Precisando do resultado, o treinador do Atlético-MG substituiu o volante Fillipe Soutto pelo meia Renan Oliveira. E o time foi para cima, com Daniel Carvalho acertando a trave de Fernando Henrique que, aos 16, 21 e 36min, salvou o time cearense do segundo gol.

Completamente retraído, o Ceará tentou resistiu heroicamente às investidas Atlético-MG e conseguiu manter o empate. Já no banco de reservas, o atacante Roger reclamou com o árbitro e recebeu o segundo amarelo, sendo também expulso pelo árbitro Francisco Carlos Nascimento.

Ficha técnica

Atlético-MG 0 x 0 Ceará

Gols

Atlético-MG:

Carlos César, aos 13min do primeiro tempo

Ceará:

Leandro Chaves, aos 37min do primeiro tempo

Atlético-MG: Giovanni; Carlos Cesar, Werley, Leonardo Silva e Triguinho (Didira); Pierre, Fillipe Soutto (Renan Oliveira), Daniel Carvalho e Bernard; Magno Alves (Jônatas Obina) e André

Treinador: Cuca

Ceará:Fernando Henrique; João Marcos, Fabrício, Daniel Marques e Vicente; Michel, Heleno, Rudnei (Thiago Matias) e Leandro Chaves (Felipe Azevedo); Osvaldo e Roger(Boiadeiro)

Treinador: Estevam Soares

Cartões amarelos

Atlético-MG: André e Pierre

Ceará: Daniel Marques, Michel, Roger, Rudnei, João Marcos, Leandro Chaves e Fernando Henrique

Cartões vermelhos

Ceará Michel, João Marcos

Árbitro

Francisco Carlos Nascimento (AL)

Local

Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Fonte: Terra, www.terra.com.br