Com "voadora" de Ibrahimovic em goleiro, PSG perde em casa para Saint-Étienne:2x1

Com "voadora" de Ibrahimovic em goleiro, PSG perde em casa para Saint-Étienne:2x1

Craque sueco tem atuação apagada e ainda leva o cartão vermelho na derrota do Paris Saint-Germain para o Saint-Étienne, do brasileiro Brandão

Ibrahimovic voltou ao time do Paris Saint-Germain neste sábado, mas teria sido melhor para a equipe se ele permanecesse poupado. O craque sueco teve uma atuação muito apagada contra o Saint-Étienne e ainda foi expulso no segundo tempo, após acertar uma ?voadora? no goleiro adversário. Como resultado, o PSG acabou derrotado em pleno Parc des Princes por 2 a 1, e pode perder a liderança do Campeonato Francês.

Agora, Ibra e companhia precisam torcer por uma derrota do Olympique de Marselha, que joga no domingo, fora de casa, contra o Ajaccio. O concorrente do PSG tem 19 pontos e, em caso de vitória, se iguala ao time da capital, e ainda tem mais um jogo para fazer.


Com

Já o Saint-Étienne encosta nos líderes com o resultado. A equipe, que neste sábado teve o brasileiro Brandão no comando do ataque, foi a 18 pontos e está a quatro do Paris Saint-Germain, na quarta colocação.

PSG "preguiçoso" na etapa inicial

Ibrahimovic voltou à equipe após ser poupado no duelo pela Copa da Liga, na última quarta-feira, justamente contra o Olympique. O reforço do sueco, porém, não adicionou muita coisa ao PSG no primeiro tempo. Com o atacante apagado, o time da capital começou a partida lento, sem fazer muito esforço, confiante na superiodade técnica sobre o Saint-Étienne. Desta forma, o duelo ficou morno, com poucas chances de gol.

Quando forçou um pouco, o PSG chegou com perigo. Aos 22 minutos, Ménez foi lançado nas costas da defesa e ficou de frente para Ruffier, mas o goleiro defendeu com o pé o chute cruzado do atacante.

Aos poucos, o Saint-Étienne começou a equilibrar a partida. Na base da vontade e apostando na correria de Gradel, pela esquerda, a equipe visitante partiu para o ataque e deu trabalho ao PSG, que só conseguiu neutralizar a ameaça quando Thiago Silva passou a marcar o atacante marfinense.


Com

Aubameyang decide, e Ibra é expulso

Se faltava mais capricho no ataque, o Saint-Étienne corrigiu o problema no intervalo. Craque do time, Aubameyang entrou em campo e logo mostrou serviço. Aos dois minutos, após bobeada da defesa do PSG na saída de bola, Lemoine tocou para o atacante, que invadiu a área e cruzou para Brandão. No meio do caminho, a pelota desviou em Sakho e enganou Sirigu: 1 a 0 para os visitantes.

Mesmo em desvantagem, o PSG não acordou no jogo. A equipe seguia lenta e sem criatividade, sem conseguir equilibrar a correria do Saint-Étienne. E a tarefa ficou ainda mais difícil aos 26 minutos, quando o time da capital perdeu seu principal jogador. Em dividida com o goleiro Ruffier, Ibrahimovic usou sua habilidade como faixa preta de taekwondo, acertou uma ?voadora? no peito do arqueiro e foi expulso.

Não deu nem tempo para o PSG se organizar. Em novo contra-ataque, o Saint-Étienne ampliou a vantagem. Alonso arrancou e tocou para Aubameyang, que mandou para o fundo das redes: 2 a 0.

A reação do PSG só veio no fim da partida. Aos 43 minutos, Hoarau descontou após cobrança de falta de Pastore. Os anfitriões até ensaiaram uma pressão, mas era tarde demais: o triunfo ficou com o Saint-Étienne.

Fonte: Globo Esporte