Contra "entregadas", CBF não muda fórmula e pede integridade

Contra "entregadas", CBF não muda fórmula e pede integridade

CBF pede ética e nega mudar fórmula do Brasileiro

Contra as polêmicas e sugeridas "entregadas" na reta final do Campeonato Brasileiro, não há solução. Esse é o pensamento de Virgílio Elísio, diretor de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e responsável, entre outras atribuições, por montar a tabela da Série A. Em entrevista exclusiva nesta quarta-feira, ele pediu que a integridade venha das arquibancadas para dentro do campo.

Virgílio Elísio, que acompanhou uma exposição da Soccerex Global Convention, feira de negócios e futebol realizada no Rio de Janeiro em 2010, ainda trouxe informações importantes. Segundo ele, como antídoto às "entregadas", há a possibilidade de serem feitos clássicos regionais na reta final.

Ele não acredita, porém, que isso possa eliminar o problema. Elísio ainda disse como bastante razoável, para 2012, que clubes em disputa da Copa Libertadores possam, enfim, jogar a Copa do Brasil no mesmo ano.

Fonte: Terra, www.terra.com.br