Hit de Thiaguinho embala Neymar após a vitória do Brasil na Copa

Hit de Thiaguinho embala Neymar após a vitória do Brasil na Copa

. O carro-chefe tem sido “Ousadia e Alegria”, do cantor e compositor Thiaguinho.

A dança de Neymar, após o fim de um jejum de nove jogos, não foi fato isolado numa seleção que gosta quase tanto de música quanto de futebol. A nova Família Scolari escolheu sua trilha sonora na Copa das Confederações. O carro-chefe tem sido ?Ousadia e Alegria?, do cantor e compositor Thiaguinho.

Composta especialmente para Neymar, a canção caiu no gosto dos jogadores. Daniel Alves é quem comanda o tantã. Dante, além de cavaquinho, toca pandeiro, assim como Lucas. O trio manda ver no pagode durante os voos da seleção. E, também, nos curtos deslocamentos de ônibus para o campo de treinamento e estádio. Quem não tem tanta intimidade com os instrumentos, bate palma.

? O pessoal tem cantado muito ?Ousadia e Alegria? ? entrega Fred. ? Como eu não canto nem toco, fico na minha. Só bato palma.

Fred ajudou Neymar na hora da dança da comemoração. A inspiração surgiu de um vídeo popular na internet em que um menino cheio de estilo faz uma coreografia de pés descalços no chão.

A seleção brasileira tem um histórico de músicas que marcaram conquistas. Na Copa dos Estados Unidos, em 1994, ?Requebra?, do Olodum, virou ?Sou tetra?, na voz dos jogadores. Na conquista do penta, em 2002, na Coreia do Sul e Japão, os hinos eleitos foram ?Deixa a vida me levar?, sucesso na voz de Zeca Pagodinho, e ?Festa?, de Ivete Sangalo.

? Fui criado em roda de samba, com churrasco. Engano bem no pandeiro e também na voz ? diz o meia Lucas.

Assim como Fred, o zagueiro David Luiz não é bom no gogó.

?- Não toco nada. Só danço. Quer coisa melhor do que participar de um grupo tão alegre?

Até quem não gosta de pagode já entrou na sintonia. Hernanes não é fã do ritmo. Tem outro estilo e, mesmo assim, aceita a trilha sonora cantada e tocada pelos companheiros.

? Para mim, música tem que ter boa letra. Já gostei de pagode e, hoje, prefiro música gospel. Mas sei me adaptar a qualquer lugar.

Dante, bom intérprete da música ?Lancinho?, da Turma do Pagode, não sai da concentração sem seu pandeiro. Para ele, os pagodes têm sido uma terapia.

? É bom para dar uma relaxada ? afirma.

Afinada fora de campo, a seleção de Felipão vem caprichando nos ensaios com bola para não dançar na Copa das Confederações.

Fonte: Extra