Copa do Brasil: Palmeiras tropeça no Piauí, vence o Comercial só por 2x1 e não elimina jogo de volta

Copa do Brasil: Palmeiras tropeça no Piauí, vence o Comercial só por 2x1 e não elimina jogo de volta

Com o placar desta quarta-feira, o clube de Palestra Itália terá de decidir a vaga no jogo de volta

O Palmeiras não conseguiu fazer como a maioria dos outros clubes brasileiros e eliminar o jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, após um bom primeiro tempo e a sugestão de um atropelo contra o Comercial-PI, os comandados do técnico Luiz Felipe Scolari venceram por apenas 2 a 1, placar insuficiente para garantir a classificação antecipada.

Com o placar desta quarta-feira, o clube de Palestra Itália terá de decidir a vaga no jogo de volta, no dia 2 de março, às 21h50 no Pacaembu. Qualquer empate ou vitória e até uma derrota por 1 a 0 classificará o Palmeiras. Um êxito do Comercial por 2 a 1 levará o jogo para os pênaltis. E qualquer outro êxito dos piauienses os levará à segunda fase. Quem se classificar enfrentará o Uberaba, que na semana passada eliminou o Santa Helena com uma vitória por 3 a 1.

O jogo

Com quatro jogadores de linha que não vinham atuando como titulares, o Palmeiras teve muitas dificuldades no passe nos primeiros minutos da partida, mostrando falta de entrosamento. Fechado na defesa, o Comercial-PI tentava se aventurar em rápidos contra-ataques, mas sem sucesso.

O domínio alviverde só começou de verdade quando as jogadas passaram a ser criadas pela direita, setor mais forte do Palmeiras, com Cicinho e Valdivia tocando na bola em praticamente todas as oportunidades criadas.

O time também subiu de produção quando Adriano seguiu as instruções do técnico Luiz Felipe Scolari e passou a jogar mais enfiado na área. E foi com ele que o Palmeiras teve suas principais chances no primeiro tempo, entre elas o gol, aos 30 minutos, em cabeçada certeira após cruzamento perfeito de Valdivia. A frustração ficou pela ausência da ?dancinha? do Michael Jackson, antes prometida por Adriano. ?Só teve homenagem pra minha família e pros meus companheiros, mas pode esperar que no segundo tempo tem dancinha?, garantiu o atacante na volta do intervalo. Não teria.

Após o gol, o ímpeto palmeirense aumentou ainda mais, e logo no início do segundo tempo a equipe já ampliou o placar em um belo gol de Kleber.

Com o jogo nas mãos, o Palmeiras diminuiu seu ritmo, principalmente após a saída de Valdivia. E foi nessa queda que o time se deu mal. O Comercial-PI passou a se lançar mais ao ataque e conseguiu seu único gol aos 29min do segundo tempo, em cabeçada certeira de Rafael sem defesa para o goleiro Bruno.

Para tentar recompor a armação e o ataque, Felipão lançou mão de Tinga, no lugar de Cicinho, e do jovem Miguel, na vaga de Adriano. Mas as entradas do meia e do atacante pouco alteraram o panorama do jogo, e o placar permaneceu em 2 a 1.

COMERCIAL-PI X PALMEIRAS

Data: 23 de fevereiro de 2011 (quarta-feira)

Horário: 21h50 (horário de Brasília)

Local: estádio Alberto Silva, em Teresina (PI)

Árbitro: José de Caldas Souza (DF)

Auxiliares: Thiago Gomes Brigido e Arnaldo Rodrigues de Souza (ambos do CE)

Cartões amarelos: Binha, Izael, Álisson, Chrislan, Tiaguinho (Comercial-PI); Maurício Ramos, Valdivia, Danilo (Palmeiras)Gols

: Adriano aos 30min do 1ºT e Kleber a 1min do 2ºT (Palmeiras); Rafael aos 29min do 2ºT (Comercial-PI)

COMERCIAL-PI

Neto; Barata, Álisson, Rafael e Tiaguinho; Ivanzinho, Binha (Puxinha), Evandro e Izael; Toni e Zé Rodrigues (Chrislan). Técnico: Aníbal Lemos.

PALMEIRAS

Bruno; Cicinho (Tinga), Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Márcio Araújo, João Vitor, Valdivia (Chico) e Patrik; Adriano e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.







































FOTOS: HELVIO MENESES

Fonte: UOL