Timão dá prioridade ao trabalho psicológico com o elenco

Timão dá prioridade ao trabalho psicológico com o elenco

Com os resultados aparecendo, os jogadores querem curtir o momento de pressão na busca

Depois de 67 jogos em 2010, o preparo físico deixou de ter a preferência no Corinthians. Faltando apenas três rodadas para o Campeonato Brasileiro acabar, o Timão troca agora os sempre dolorosos trabalhos para entrar em forma por uma outra atividade que pode ser determinante nesta reta final: o psicológico.

- Nesse momento a cabeça tem de ser mais trabalhada com que a parte física. Fisicamente não temos muito mais o que contribuir. O importante é manter o foco e pensar que temos de vencer três jogos para ser campeão - falou o lateral-direito Alessandro.

Mexer com a mente do grupo, aliás, foi um dos pontos principais a ganhar enfoque na chegada do técnico Tite. Na visão do novo comandante, o Timão precisava recuperar a confiança que lhe rendeu o título da Copa do Brasil de 2009 e de quem liderou o Brasileirão por um longo tempo.

Com os resultados aparecendo, os jogadores querem curtir o momento de pressão na busca pelo quinto campeonato nacional. O Corinthians lidera o Brasileirão, com um ponto de vantagem sobre o Fluminense.

- Antes de jogos decisivos assim nós dormimos menos. Mas é importante viver essa ansiedade nesses momentos. Não faço nada para evitá-la ? completou o lateral.

Os trabalhos físicos ficarão ainda mais limitados nesta semana. A comissão técnica está preocupada com a mudança de temperatura de São Paulo para Salvador, palco da partida contra o Vitória, domingo, às 17h, no Barradão. Para Alessandro, o importante agora é controlar o desgaste.

- A comissão técnica vai saber dosar os treinamentos durante a semana, porque lá em Salvador é sempre bem quente. Nós vamos sair de um tempo frio e chegar no calor. O corpo sempre sente ? comentou o lateral-direito Alessandro.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com