Corinthians empata por 1 a 1 na Vila Belmiro, encerra série do Santos e é campeão paulista

Corinthians empata por 1 a 1 na Vila Belmiro, encerra série do Santos e é campeão paulista

No fim do jogo, os arremesso de sinalizadores no gramado obrigou a arbitragem a paralisar as atividades



O Corinthians conquistou neste domingo seu 27º título de Campeonato Paulista de sua história. Jogando na Vila Belmiro, em Santos, o time comandado por Tite empatou por 1 a 1 com o Santos, mas se beneficiou da vitória por 2 a 1 no jogo de ida no Estádio do Pacaembu. Assim, venceu por 3 a 2 no placar agregado.

Com a conquista de 2013, o time do Parque São Jorge encerrou uma série de três títulos seguidos dos santistas, que miravam o segundo tetracampeonato da história da competição - antes disso, apenas o Paulistano foi campeão quatro vezes seguidas. O Corinthians não levantava a taça desde 2009, quando venceu o próprio Santos nas finais.



Com um clássico aberto na Vila Belmiro, os dois times fizeram um primeiro tempo de oportunidades. Inicialmente, o Santos criou mais, assustando o goleiro Cássio ? como no chute de Felipe Ânderson aos 22min, após lançamento de Neymar, que saiu pela linha de fundo. Porém, aos 27min, foi o próprio Felipe Ânderson quem cruzou a bola pela direita para a área ? Durval escorou para o centro da área, e Cícero mandou de meia-bicicleta para o gol, inaugurando o placar.

A festa santista, entretanto, durou pouco tempo: dois minutos depois, Romarinho foi acionado em velocidade e foi travado por Rafael no chute ? a bola, porém, sobrou para Danilo, que bateu para o gol aberto e empatou o jogo. Com 1 a 1 no placar, o Santos passou a ter dificuldades para marcar. Aos 41min, Paulinho cobrou falta com força pela direita, mandando no travessão de Rafael; um minuto depois, Danilo fintou pela esquerda e chutou forte, acertando mais uma vez a trave superior.



No segundo tempo, o Santos mostrou mais atitude e passou a criar. Aos 5min, Léo tentou cruzar na área para André, mas a arbitragem marcou impedimento. Depois, aos 10min, Felipe Ânderson cruzou para a área pela direita, em jogada ensaiada, mas Cícero apareceu mais uma vez em condição irregular. Do outro lado, o Corinthians teve a chance de colocar uma mão na taça aos 17min, em arrancada de Romarinho ? o camisa 31 saiu cara a cara com Rafael pela direita, mas tocou e mandou na trave.

Apesar de conseguirem boas jogadas, os dois times pecavam nas conclusões. Enquanto o Santos se lançava com os chutes de longe de Cícero, o Corinthians apostava na entrada de Alexandre Pato na vaga do apático Tite aos 30min. Muricy Ramalho tentou responder, sacando o volante Renê Júnior para a entrada de Patito Rodriguez.



No fim do jogo, os arremesso de sinalizadores no gramado obrigou a arbitragem a paralisar as atividades. Na volta, o Santos marcou com Durval aos 44min, mas a arbitragem marcou impedimento. Pior: nos ácrescimos, aos 48min, Alexandre Pato teve a chance de fazer 2 a 1 pela direita, mas bateu para fora. No fim, não fez falta: o Corinthians foi campeão paulista.

Ficha técnica

SANTOS 1 X 1 CORINTHIANS

Gols

SANTOS: Cícero, aos 27min do primeiro tempo

CORINTHIANS: Danilo, aos 29min do primeiro tempo

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior (Patito Rodríguez), Arouca, Cícero e Felipe Anderson; Neymar e André (Miralles)

Treinador: Muricy Ramalho

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho (Alexandre Pato), Danilo e Emerson (Edenílson); Guerrero (Douglas)

Treinador: Tite

Cartões amarelos

SANTOS: Renê Júnio e Arouca

CORINTHIANS: Fábio Santos, Edenílson e Cássio

Árbitro

Guilherme Ceretta de Lima (SP)

Local

Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)



Fonte: Terra