Corinthians marca no fim e vence clássico com São Paulo

Com o resultado, o Corinthians pode empatar a partida de volta da semifinal, no próximo domingo, no Morumbi

Corinthians e São Paulo empatavam por 1 a 1 até os acréscimos, mas Cristian marcou em um chute de fora da área, aos 47min do segundo tempo, e definiu a vitória alvinegra no clássico paulista por 2 a 1, válida pela ida da semifinal do Campeonato Paulista. Com a vitória, a equipe do Parque São Jorge tomou para si a vantagem no duelo.

Com o resultado, o Corinthians pode empatar a partida de volta da semifinal, no próximo domingo, no Morumbi, que se garantirá na decisão. Já o São Paulo terá de vencer por qualquer placar se quiser disputar o título do Paulista.

Além da pressão corintiana e o paredão armado pela defesa do São Paulo, o clássico teve diversos lances que o definem como um jogo importante, como as boas defesas de Felipe e Rogério Ceni - o são-paulino, porém, quase levou um frango na metade da etapa final.

O jogo

No primeiro tempo, o Corinthians administrou a posse de bola e o São Paulo apostou nos contra-ataques e bola parada. E foi em uma dessas jogadas que o time abriu o placar, aos 24min do primeiro tempo, com Miranda, depois de uma cobrança de falta de Jorge Wagner.

A reação do Corinthians não demorou a vir. Quatro minutos depois, a zaga do São Paulo tentou tomar a bola e ela sobrou para Elias, que dominou na entrada da área, passou por dois adversários e chuta no canto direito de Rogério Ceni, anotando um belo gol no Pacaembu.

Borges teve a chance de recolocar o São Paulo em vantagem aos 37min, quando estava sozinho no ataque, mas Felipe defendeu o chute do camisa 17 e garantiu o empate na etapa final. Depois, veio o segundo tempo e os visitantes tiveram André Dias expulso, aos 11min.

O que se viu depois da saída do zagueiro foi uma verdadeira pressão do Corinthians no campo de ataque. Em uma das chances alvinegras, aos 14min, Dentinho avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Jorge Henrique, mas o atacante, sozinho, mandou por cima do gol.

Quando o empate parecia certo, Cristian marcou e definiu a vitória do Corinthians. Aos 47min, o volante aproveitou uma falha de Jorge Wagner, avançou pelo campo ofensivo e chutou no canto esquerdo de Rogério Ceni, que pulou na bola, mas não conseguiu pegar o arremate.

Gols

Corinthians: Elias, aos 28min do 1º tempo, e Cristian, aos 47min do 2º tempo

São Paulo: Miranda, aos 24min do 1º tempo

Polêmicas

- Ronaldo acertou com violência o tornozelo de André Dias e uma confusão foi criada depois do lance. O camisa 9 do Corinthians, pela jogada, levou cartão amarelo

Deslizes da arbitragem

- Impedimento de Miranda no lance do gol do São Paulo e pênalti sobre Washington na mesma jogada

Lances bizarros

No primeiro tempo, em uma cobrança de falta, o volante Cristian pegou torto na bola e ela passou longe do gol defendido por Rogério Ceni

No segundo tempo, em um chute de fora da área de Douglas, Rogério Ceni tentou defender e deixou a bola escapar. Ela ainda bateu na trave antes de a defesa são-paulina afastar o perigo

Ponto Forte do Corinthians

Jogadas pela linha de fundo

Ponto Forte do São Paulo

Distribuição tática e marcação

Ponto Fraco do Corinthians

Jogadas aéreas em seu campo de defesa

Ponto Fraco do São Paulo

Liberdade pelo lado direito de sua defesa

Personagem do jogo

Elias, que marcou um gol e salvou outro em cima da linha

Destaque negativo do jogo

Demora na divulgação das escalações de Corinthians e São Paulo, o que deve ser feito com 45 minutos de antecedência (os técnicos Mano Menezes e Muricy Ramalho só confirmaram os titulares momentos antes do clássico)

Comentários sobre o jogo

"Não tem explicação. Eu acho que Corinthians é isso aí, é raça do começo ao fim. O time nunca se entregou e eu acho que a torcida está de parabéns", do volante Cristian, heróio do time alvinegro no Pacaembu

"Tomamos um gol na jogada principal do São Paulo, não nos abatemos e buscamos o emapte. O segundo gol demorou a vir, mas conseguimos. A equipe está jogando bem", do goleiro Felipe, que praticou boas defesas no clássico

"Uma vitória simples nos garante a classificação. No Morumbi temos que jogar como foi hoje, apesar de que atuar com um a menos compromete sempre", do zagueiro Miranda, lamentando o gol sofrido no fim pelo São Paulo

Esquema Tático Corinthians

4-3-3

Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias (Souza) e Douglas; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes

Esquema Tático São Paulo

3-5-2

Rogério Ceni; André Dias, Miranda e Rodrigo; Arouca (Joílson) (Renato Silva), Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Júnior César; Borges e Washington (Dagoberto). Técnico: Muricy Ramalho

Cartões Amarelos

Corinthians: Ronaldo, William e Dentinho

São Paulo: André Dias, Miranda, Rodrigo e Borges

Cartões Vermelhos

Corinthians: -

São Paulo: André Dias

Árbitro

Sálvio Spínola Fagundes Filho

Fonte: Terra, www.terra.com.br