Corinthians se recupera, vence em casa e quebra sequência do Grêmio; 3 a 1

Corinthians se recupera, vence em casa e quebra sequência do Grêmio; 3 a 1

Clube alvinegro atrapalhou os planos do Grêmio

Depois de perder para o Figueirense na última quinta-feira, o Corinthians confirmou a fama de "pedra no sapato" dos líderes do Campeonato Brasileiro ao derrotar neste sábado, no Pacaembu, o Grêmio, terceiro colocado da competição, por 3 a 1. Ralf, Guilherme e Giovanni marcaram para o time paulista e Leandro descontou para o adversário gaúcho na última partida do dia da 23ª rodada.

No dia 2 de setembro, os comandados de Tite derrotaram em casa o então líder Atlético-MG. Na rodada anterior, a equipe alvinegra empatou com o Fluminense no Engenhão, atrapalhando os planos do atual líder do Brasileiro.

A vitória leva o Corinthians aos 31 pontos, que colocam o clube paulistano na nona colocação do torneio nacional. O Grêmio fica estacionado nos 44 pontos e pode ver Fluminense e Atlético-MG se distanciarem na ponta caso saiam vitoriosos contra Internacional e Palmeiras, respectivamente. Na 24ª rodada, o Corinthians recebe na próxima quarta-feira a Ponte Preta novamente no Estádio Pacaembu. O Grêmio, por sua vez, encara o Náutico no Estádio Olímpico, buscando a liderança do Campeonato Brasileiro.

Na partida deste sábado, o clube alvinegro saiu na frente logo aos 5min. Guilherme bateu de primeira após cruzamento de Martínez para uma defesa difícil de Marcelo Grohe. No rebote, Ralf mostrou frieza de centroavante ao dominar, ameaçar um chute de pé direito, fintar Fernando e colocar de esquerda para marcar um golaço que deixou o Corinthians na frente.

Seis minutos depois, Guilherme e Edenílson tabelaram na intermediária e o volante recém-contratado junto a Portuguesa recebeu passe enfiado dentro da grande área. Com tranquilidade, o atleta tocou à direita de Grohe, na saída do goleiro gremista, e ampliou a vantagem.

Querendo mudar o panorama da partida, Vanderlei Luxemburgo precisou de apenas 20 minutos para realizar sua primeira alteração, colocando Marquinhos no lugar de Souza, deixando o Grêmio com um comportamento mais ousado em campo.

O Corinthians se aproveitou do posicionamento ofensivo do Grêmio e por pouco não ampliou a vantagem aos 24min, com Martínez, que recebeu sozinho na área e chutou forte, mas errou a meta de Grohe. Apesar do susto, a equipe gaúcha conseguiu impor seu jogo e começou a trocar passes na intermediária corintiana.

Mesmo com mais posse de bola, o Grêmio não conseguiu ameaçar a meta defendida neste sábado por Júlio César, que retornou ao time titular com a ausência de Cássio, na Seleção Brasileira. Pouco testado, o goleiro viu Marquinhos e Zé Roberto finalizarem mal, para fora, e não teve muito trabalho no primeiro tempo.

Com o time pouco incisivo no início da segunda etapa, o Grêmio foi alterado novamente por Vanderlei Luxemburgo, que tentou colocar a equipe equipe gaúcha ainda mais avançada no gramado ao trocar André Lima e Fernando por Marco Antônio e Leandro. Desta vez, a mudança surtiu efeito: aos 13min, Pará cruzou, a bola atravessou toda área corintiana e caiu no pé de Marquinhos, que rolou para Leandro rolar para o fundo das redes.

O Grêmio chegou com perigo novamente aos 31min, em cobrança de falta de Elano. Júlio César salvou o Corinthians do empate. 14 minutos depois, o jovem Giovanni, que substituiu Martínez, ainda deixou o seu, ao bater colocado no ângulo de Marcelo Grohe.

Fonte: Terra, www.terra.com.br