Corinthians tem pior início na história do Campeonato Brasileiro

A equipe alvinegra caiu para a última posição após a derrota por 2 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre, no último domingo.

Um ponto conquistado em quatro rodadas. Com o foco na Copa Libertadores, o Corinthians vive o seu pior início na história do Brasileiro, campeonato que surgiu em 1971. A equipe alvinegra caiu para a última posição após a derrota por 2 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre, no último domingo.


Corinthians tem pior início na história do Campeonato Brasileiro

A campanha escancara a falta de confiança nos reservas, que substituíram os titulares neste período de preparação para as partidas decisivas da Libertadores. A diretoria e comissão técnica afirmam desde o início da temporada que o objetivo era reforçar a equipe para disputar as duas competições ao mesmo tempo.

Contra o Grêmio, Tite adotou uma escalação inédita. O treinador optou por improvisar em duas posições. Sem um reserva confiável para Ralf, o zagueiro Marquinhos atuou como volante, enquanto o lateral esquerdo Ramon iniciou a partida como meia esquerda. A má fase dos centroavantes Elton e Liedson também prejudicaram o time.

Antes de a bola rolar no Olímpico, Tite afirmou que os jogadores escalados representavam o Corinthians.

?Ano passado foi campeão, esse ano traz a responsabilidade de todo o grupo.?

Após a partida, disse que o torneio sul-americano prejudica o desempenho no Brasileiro. ?É uma realidade. Em 2011, o Santos foi campeão da Libertadores e estava na zona de rebaixamento. Em 2010, o Internacional também estava na zona de rebaixamento. Em 2009, o Cruzeiro ficou na zona de rebaixamento também. Não estou justificando, estou mostrando os dados.?

?Vejo a pressão de ter de recuperar esses pontos, é claro, mas precisamos priorizar uma competição, não podemos ganhar tudo na vida. A Libertadores é o maior momento de um clube, e o mínimo pra mim é chegar até a final. Vivemos um momento histórico e temos dois grandes jogos pela frente, duas grandes equipes. Toda a nossa qualidade vai estar no jogo contra o Santos?, acrescentou o comandante corintiano.

A maioria dos titulares sequer viajou a Porto Alegre, exceção feita a Cássio e Fábio Santos. Na quarta-feira, o Timão vai a Vila Belmiro encarar o Santos, às 21h50, duelo de ida da semifinal.

Como o confronto de volta acontece na outra semana, dia 20, a tendência é que Tite volte a poupar os titulares domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas, pela quinta rodada do Brasileiro.

A campanha atual é igual às de 1995 e 1987. Nos critérios de desempate, em 95 o Corinthians teve -4 gols de saldo, como agora, mas ficou na frente com 3 gols pró (esse ano só balançou a rede uma vez). Em 87, foram -3 gols de saldo nas quatro primeiras rodadas.

Fonte: UOL