Corinthians vence Sport por 4 a 0 e afasta sequência negativa de derrotas

Corinthians vence Sport por 4 a 0 e afasta sequência negativa de derrotas

O time paulista aproveitou muito bem a rodada e voltou a estar perto do G-4 após o triunfo conquistado na noite deste sábado (04) no Itaquerão

Em mais uma boa atuação de Guerrero, o Corinthians venceu o Sport por 3 a 0 e afastou a sequência negativa de duas derrotas no Campeonato Brasileiro. Mais do que isso, o time paulista aproveitou muito bem a rodada e voltou a estar perto do G-4 após o triunfo conquistado na noite deste sábado (04) no Itaquerão. Além do peruano, Anderson Martins e Luciano também marcaram.

Com 43 pontos, a equipe se igualou a Atlético-MG e Grêmio, que perderam de Criciúma e São Paulo, e só não entrou no grupo dos melhores por causa do número de vitórias. Já a equipe de Recife fica com a 9ª colocação, com 36 pontos, bem longe do rebaixamento, mas também sem chances de sonhar mais alto na competição.

Agora, na próxima rodada, o Corinthians tem o difícil desafio de enfrentar o líder Cruzeiro, às 22h de quarta-feira, no Mineirão. Já o Sport enfrenta o Grêmio na mesma data e horário, mais uma vez fora de casa. É a chance de tentar acabar com a sequência de sete derrotas seguidas quando não atua em Recife.

Fases do jogo: O Sport começou a partida pressionando e criou duas boas chances com 10 minutos de jogo, com Felipe Azevedo nas duas situações. O Corinthians, então, respondeu com Guerrero, que também deu trabalho a Magrão em duas ocasiões. Foi no escanteio, no entanto, que os donos da casa conseguiram abrir o placar com Anderson Martins, que cabeceou escanteio cobrado por Renato Augusto. Elias quase ampliou após boa jogada de Guerrero.

No segundo tempo, só o Corinthians jogou. Elias, Luciano e Fábio Santos criaram chances e pararam nas mãos de Magrão ou na falta de pontaria, como foi o caso do atacante, que desperdiçou chance cara a cara com o gol aberto. Coisa que Guerrero não faz. Depois dtabela entre Elias e Renato Augusto, a bola foi lançada para Luciano, que rolou de volta para Elias. A bola foi muito forte e sobrou para Guerrero, que, com calma, apenas escolheu onde colocaria a bola. Já nos acréscimos, Luciano ampliou.

O melhor: Guerrero. Que fase do Guerrero, diria Milton Leite! O atacante sabe finalizar, dominar, armar jogadas de perigo, cadenciar o jogo quando precisa.. E neste sábado fez mais um!

O pior: Diego Souza. Ele entrou em campo? O jogador praticamente não tocou na bola depois dos 20 minutos do 1º tempo e mostrou mais uma vez porque ainda não convenceu os torcedores do Sport.

O toque dos técnicos: Depois de sinalizar que Renato Augusto e Fábio Santos estariam fora, Mano Menezes escalou ambos e viu a dupla funcionar bem em suas respectivas posições. O primeiro, inclusive, bateu o escanteio que resultou no gol de Anderson Martins. Do outro lado, Diego Souza e Ibson não mostraram um futebol de destaque e atrapalharam os planos de Eduardo Baptista, técnico do Sport.

Para lembrar:

Diego Souza x Cássio de novo. Os dois jogadores voltaram a se encontrar. O goleiro corintiano, desta vez, enfrenta o meio-campista que defende o Sport. O encontro ficou famoso na Libertadores de 2012, quando Diego ficou cara a cara com Cássio e poderia praticamente definir a vitória do Vasco e complicar a vida corintiana na competição sul-americana. O goleiro levou a melhor.

Homer Simpson. O famoso boneco do desenho animado aproveitou a parceria feita com o Corinthians e entrou em campo antes da bola rolar para animar a torcida segurando uma bandeira da equipe.

Coitado! Um cachorro machucado invadiu o gramado do Itaquerão, mas foi prontamente retirado para receber atendimento. O jogo quase não foi paralisado.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 X 0 SPORT

Data: 04 de outubro de 2014, sábado

Horário: 18h30 (de Brasília)

Local: Estádio Itaquerão

Público pagante: 29.238 Renda: R$ 1.650.086,50

Árbitro: Braulio da Silva Machado

Assistentes: Nadine Camara e Carlos Breckenbrock

Cartão amarelos: Durval (SPT) Gols: Anderson Martins aos 25 minutos do 1º T, Guerrero, aos 27 minutos do 2º T, e Luciano, aos 48 min do 2º T

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fabio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros e Renato Augusto (Danilo); Malcom (Luciano) e Paolo Guerrero (Romero) Técnico: Mano Menezes

SPORT: Magrão; Patric, Henrique, Durval e Rene; Rithely, Willian (Zé Mario), Ibson e Diego Souza; Felipe Azevedo (Ananias) e Neto Baiano Técnico: Eduardo Baptista


 


 

 

 

Fonte: UOL