Corintianos ficam sem táxi e levam bananada de argentinos

Corintianos ficam sem táxi e levam bananada de argentinos

Torcedores do Corinthians tiveram de esperar 50 minutos para deixar La Bombonera

Deixar La Boca, região onde fica o estádio La Bombonera, não foi uma tarefa fácil para os corintianos após o empate por 1 a 1 contra o Boca Juniors, no primeiro confronto pela final da Copa Libertadores. Centenas de torcedores ficaram sem ônibus ou táxi e tiveram que andar alguns quilômetros pela avenida Almirante Brown, principal via de acesso ao bairro, na madrugada desta quinta-feira.

A partida terminou por volta da meia-noite, mas a polícia segurou os brasileiros na arquibancada durante 50 minutos, para que os donos da casa saíssem antes.

Ao deixarem La Bombonera, felizes pelo empate, corintianos perguntavam aos policias onde poderiam pegar um ônibus ou táxi. Não houve sucesso. Pediram até para que fossem escoltados para evitar emboscadas de argentinos.

Sem meio de transporte, os brasileiros decidiram ir a pé, em bando. No meio do caminho, enquanto andavam pelo centro da avenida, ouviram insultos, da calçada do outro lado. Um dos argentinos atirou uma banana e quase acertou um corintiano, que retrucou com xingamentos e arremessando outro objeto no agressor.

Uma caminhonete da polícia apareceu na hora e ameaçou prender o brasileiro, que tentou se explicar: ?ele atacou uma banana em mim primeiro?.

Apesar do perigo de emboscada em um lugar desconhecido, os corintianos ficaram orgulhosos por ocupar as ruas de La Boca. Um deles gritou: ?Quanta gente. La Boca é do Corinthians, mano!?

A jornada dos fiéis de Parque São Jorge na Argentina não foi fácil. Muitos viajaram sem ingresso a Buenos Aires, gastaram até R$ 750 para comprar na véspera, ou mesmo no dia do jogo, e se disfarçaram na torcida do Boca. Outras caíram no golpe do bilhete falso, perderam dinheiro e acabaram fora do estádio.

Ao menos ficou a sensação de que o resultado fora de casa aproximou o time do técnico Tite do inédito título continental. Basta uma vitória simples na próxima quarta, no Pacaembu, para erguer o sonhado troféu.

Fonte: UOL