Criciúma desencanta em clássico dentro de casa e afunda Figueirense em 1 a 0

Criciúma desencanta em clássico dentro de casa e afunda Figueirense em 1 a 0

O time venceu por 1 a 0, mas não deu chances ao rival no clássico catarinense e, em boa parte do tempo, se limitou a administrar o triunfo

Com domínio absoluto das ações no Estádio Heriberto Hulse, o Criciúma impôs ao rival Figueirense a terceira derrota em três jogos no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, dentro de casa, o time venceu por 1 a 0, mas não deu chances ao rival no clássico catarinense e, em boa parte do tempo, se limitou a administrar o triunfo.

Trata-se da primeira vitória do Criciúma, que também não vinha bem na competição. Desta forma, chega aos 3 pontos ganhos. Antes, perdeu para Palmeiras e Goiás. Já o Figueirense segue sem pontuar, na última colocação, depois de ser derrotado também por Fluminense e Bahia. Com a má fase, ambos trocaram de treinar recentemente, e o confronto marcou a estreia dupla.

Wagner Lopes, do Criciúma, levou a melhor sobre Guto Ferreira, que terá muito trabalho para arrumar o Figueirense. O Criciúma volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado, quando encara o Botafogo às 21h (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro. Já o Figueirense joga no domingo. O adversário é o Santos, às 18h30, no Estádio do Café, em Londrina.

Em partida morna desde o princípio, apesar da lotação das arquibancadas do Estádio Heriberto Hulse, o primeiro gol saiu justamente no primeiro lance de perigo. Aos 14min, Silvinho recebeu passe dentro da área pelo lado direito e tocou por baixo do goleiro Tiago Volpi para abrir o placar para o Criciúma.

O anfitrião ainda quase marcou com chute de Paulo Baier, aos 26min, e finalização de Silvinho após passe do meia, aos 37min, mas Volpi conseguiu evitar o gol. O Figueirense, por sua vez, foi prejudicado pelo nervosismo de Nirley, que fez duas faltas duras em cima de João Vitor e acabou expulso aos 30min do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Criciúma manteve o domínio e acabou por desperdiçar boas chances. Aos 13min, Everton Santos chutou para fora em grande condição após passe de Marquinhos. Aos 31min, Rodrigo Silva completou cruzamento de Silvinho com carrinho, mas Tiago Volpi fez excelente defesa. A equipe mais administrou o resultado e confirmou a vitória.

Fonte: Terra