Cristiano Ronaldo marca 3, e Real Madri goleia Getafe no Espanhol

Cristiano Ronaldo marca 3, e Real Madri goleia Getafe no Espanhol

O confronto não contou com nenhum brasileiro em campo.

Com três gols de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid não teve dificuldades para golear o Getafe por 4 a 0 neste domingo, no Santiago Bernabéu, pela 21ª rodada do Campeonato Espanhol. O outro gol foi marcado por Sergio Ramos.

O confronto não contou com nenhum brasileiro em campo. Kaká sequer foi relacionado e o lateral esquerdo Marcelo ficou no banco de reservas.

Antes do duelo, os atletas prestaram uma homenagem ao goleiro Iker Casillas, que pode ficar até 12 semanas longe dos gramados por ter fraturado o dedo polegar.

Com o resultado, o time dirigido por José Mourinho chegou aos 43 pontos, manteve a terceira colocação e se aproximou do vice-líder Atlético de Madri, que joga ainda neste domingo contra o Athletic Bilbao. A diferença entre os dois clubes é de quatro pontos.

Agora, a equipe madridista se prepara para a semifinal da Copa do Rei. Na próxima quarta-feira, vai receber o rival Barcelona pela ida do mata-mata do torneio.

O JOGO

A primeira etapa foi marcada pela alta quantidade de cartões amarelos distribuídos pelo árbitro González González. Foram cinco advertências em meia hora de jogo.

Com tantas faltas, a melhor oportunidade só poderia surgir em um lance de bola parada. Aos 9min, Cristiano Ronaldo cobrou uma infração da intermediária e obrigou o goleiro Moyá a realizar uma bela defesa.

O Getafe teve apenas uma oportunidade, quando Diego Castro cabeceou livre na área madridista e Adán fez a defesa com tranqüilidade.

Özil e Modric quase abriram o placar para os mandantes, mas pecaram na finalização. Assim, as duas equipes foram para o vestiário sem balançarem as redes.

Na volta do intervalo, o técnico José Mourinho ousou em busca da vitória. Sacou o defensor Albiol, que já tinha amarelo, para a entrada do volante Khedira. Sergio Ramos passou a atuar na zaga central e Essien foi deslocado para a lateral direita.

A alteração deu resultado. Aos 7min, Coentrão apareceu livre na área e Moyá conseguiu mandar a finalização para escanteio.

Na cobrança, porém, o goleiro foi tocado pelo zagueiro Ricardo Carvalho e não alcançou a bola, que sobrou para Sergio Ramos. O atleta completou, de sola, para a meta vazia. Depois do tento, os jogadores do Getafe reclamaram com o juiz.

Então começou o show de Cristiano Ronaldo. Inspirado, o luso fez três tentos e transformou a vitória em goleada.

Aos 16min, Özil desceu em um rápido contra-ataque e serviu o atacante. De esquerda, o português chutou cruzado e superou Moyá pela primeira vez no duelo.

Três minutos mais tarde, Di María cruzou na cabeça de Cristiano Ronaldo. Livre, ele só teve o trabalho de concluir para o gol adversário.

Aos 26min, o árbitro viu um empurrão de Lopo em Modric na área e assinalou a penalidade. O camisa 7 madridista converteu e foi substituído por Benzema para ser aplaudido pelo público presente no Santiago Bernabéu.

Além do atacante, o meia Özil também foi sacado do jogo. Eles foram preservados por Mourinho para a semifinal da Copa do Rei contra o Barcelona, na próxima quarta-feira.

Fonte: Folha