Cruzeiro bate Goiás, abre sete pontos de vantagem é o líder do primeiro turno

Cruzeiro bate Goiás, abre sete pontos de vantagem é o líder do primeiro turno

Com tropeços de Inter e Corinthians, o clube mineiro agora tem sete pontos de vantagem em relação ao São Paulo, novo segundo colocado.

O Cruzeiro caminha cada vez mais firme em busca do bicampeonato do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, jogando no Serra Dourada, a equipe comandada por Marcelo Oliveira superou o Goiás, por 1 a 0, e disparou na liderança da competição nacional. Com tropeços de Inter e Corinthians, o clube mineiro agora tem sete pontos de vantagem em relação ao São Paulo, novo segundo colocado. O gol marcado por Marcelo Moreno também dá ao time o título simbólico de campeão do primeiro turno da Série A.

Com o resultado, o Cruzeiro abre ampla vantagem na ponta da tabela. Agora, a equipe mineira soma 39 pontos, contra 32 do vice-líder São Paulo. Já o Goiás continua na parte de baixo da tabela, em 13º, com apenas 20 pontos.

Na próxima rodada, o Cruzeiro recebe a Chapecoense, sábado (30), às 18h30, no Mineirão. Já o Goiás encara o Atlético-PR, domingo (31), às 18h30, no Serra Dourada.

Mais perigoso, Cruzeiro abre o placar

O primeiro tempo foi movimentado no Serra Dourada. Jogando em casa, o Goiás não deixou o Cruzeiro ser único a criar oportunidades na partida e também assustou o líder do campeonato. A primeira chance foi dos donos da casa. Aos 11min, David Silva recebeu de Bruno Mineiro e bateu para o gol. Fábio espalmou com dificuldade após desvio de Dedé e evitou o pior.

O Cruzeiro, que tinha mais posse de bola, foi demonstrou maior competência. No primeiro lance de perigo, não desperdiçou. Aos 24min, Éverton Ribeiro lançou Marcelo Moreno por trás da zaga. O boliviano bateu cruzado e abriu o placar em Goiás.

Após o gol, o Cruzeiro aumentou seu volume de jogo e quase ampliou aos 37min. Lucas Silva arriscou da entrada da área, a bola desviou e sobrou fácil para defesa de Renan. Aos 41min, Marcelo Moreno quase fez o segundo, mas o goleiro acabou salvando o Goiás novamente.

Goiás assusta e perde pênalti no fim

Satisfeitos com as atuações de suas equipes, os técnicos não mudaram na volta do intervalo. Assim como na etapa inicial, o Goiás foi quem começou assustando no segundo tempo. Aos 12min, Moisés recebeu na direita, cortou para o meio e chutou com perigo para Fábio.

O jogo então ficou truncado no meio-campo, e os times se alternavam na posse de bola. O Cruzeiro foi chegar com perigo só aos 29min. Dagoberto, que entrou no lugar de Alisson, tabelou com Lucas Silva e bateu rente à trave.

OGoiás voltou a assustar aos 34min. David cobrou falta com força, Fábio fez grande defesa, a bola ainda bateu no travessão antes de sair pela linha de fundo. Os donos da casa ainda esboçaram uma pressão no líder do campeonato, mas Fábio continuou intransponível. Já nos acréscimos, aos 47min, o árbitro assinalou pênalti de Dedé sobre Esquerdinha. David foi para a bola, mas bateu para fora e desperdiçou a oportunidade de empatar a partida para o Goiás.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS-GO 0 X 1 CRUZEIRO-MG

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) Data: 24 de agosto de 2014, domingo Horário: 18h30 (de Brasília) Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL) Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC) Cartões amarelos: Thiago Mendes, Jackson e Bruno Mineiro (Goiás); Ceará e Samudio (Cruzeiro)

Gols: CRUZEIRO: Marcelo Moreno, aos 24 minutos do 1º tempo

GOIÁS: Renan; Valmir Lucas, Felipe Macedo e Jackson; Moisés (Murilo), David, Thiago Mendes, Tiago Real e Léo Veloso; Samuel (Esquerdinha) e Bruno Mineiro (Erik)

Técnico: Ricardo Drubscky C

RUZEIRO: Fábio; Ceará, Léo, Dedé e Egídio (Samudio); Nilton, Lucas Silva e Everton Ribeiro; Alisson (Dagoberto), Willian (Henrique) e Marcelo Moreno

Técnico: Marcelo Oliveira





Fonte: Terra