Cuca pensa há meses em não renovar com o Palmeiras

Pessoas no Palmeiras têm ouvido dele há alguns meses sobre o desejo

Embora a última entrevista de Cuca tenha surpreendido muita gente, a possibilidade de voltar à China não é algo que o técnico passou a pensar recentemente. Pessoas no Palmeiras têm ouvido dele há alguns meses sobre o desejo de trabalhar em 2017 mais uma vez no país asiático - ele foi técnico do Shandong Luneng entre 2014 e 2015 e saiu em dezembro.


Quando voltou à Academia de Futebol, em março, Cuca assinou até dezembro, e pouco depois de sua chegada o técnico já começou a falar que pensava em ficar apenas até o fim deste contrato. O clube escolheu fazer um vínculo curto, pois em novembro haverá eleição, e Paulo Nobre considera que a escolha do técnico para 2017 deve ficar sob responsabilidade da próxima diretoria.

Apesar deste desejo antigo e aparentemente cada vez mais firme, ainda não é possível se descartar uma renovação de Cuca com o Palmeiras. O problema é que a negociação pode ficar salgada, já que o mercado chinês notadamente oferece altos salários, muito além dos valores do Brasil.

A repercussão do anúncio à rádio Globo foi negativa. Muitos torcedores ficaram incomodados com o anúncio do técnico que há uma semana havia desconversado sobre o seu futuro.

"Tenho contrato até dezembro, vou dar meu melhor. Tem tempo. Ele (Nobre) como presidente até o fim do ano não tem como fazer um novo contrato. Meu foco é até o fim do ano, com o Brasileiro e a Copa do Brasil", dissera.

Fonte: Com informações da Uol