Daniel Alves acerta transferência para defender a Juventus

Jogador acertou por 3 temporadas com o time italiano

Campeão da Copa dos Campeões no último sábado pelo Barcelona, o lateral brasileiro DanielAlves acertou contrato e defenderá a Juventus na próxima temporada europeia. 

Daniel Alves, que completou 33 anos no começo deste mês, jogou pelo Barcelona nas últimas oito temporadas. A transferência para o futebol italiano também marca uma novidade na carreira do brasileiro, que estava na Espanha desde 2002 quando deixou o Bahia para defender o Sevilla.

O lateral está com a seleção brasileira nos Estados Unidos para a disputa da Copa América Centenário. A ideia do jogador era só confirmar a transferência após o torneio, mas diante da evolução do negócio é possível que ele se manifeste nos próximos dias.

Motivo da saída

Daniel Alves estava incomodado nos últimos meses no Barcelona. O revezamento constante com Aleix Vidal na lateral era o principal descontentamento. O jogador, a princípio, pensou em aceitar proposta do futebol chinês, com salário muito superior. A Juventus, no entanto, apareceu há duas semanas e logo deixou o brasileiro atraído, já que assim ele poderia prolongar sua carreira no mais alto nível do futebol europeu.

Sem ainda confirmar a saída de Daniel, Dinorah disse que a questão avaliada pelo jogador nesse momento da carreira "não é financeira, mas sim esportiva".

Há exatamente um ano, Barcelona e Daniel assinaram contrato válido por duas temporadas, mas uma cláusula garantiu poder ao lateral para definir seu destino antes disso, dando a ele a possibilidade de deixar o clube a custo zero e antecipar sua rescisão.

Neste cenário, a proposta de três anos apresentada pela equipe italiana atende aos desejos do lateral, que assim jogaria por um dos principais clubes da Europa até os 36 anos. Além disso, na renovação de 2015, Daniel reduziu seu patamar salarial. Não se sabe qual seria o cenário para uma nova renovação em maio de 2017.


Daniel Alves (Crédito: Reprodução)
Daniel Alves (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol