Daniel Dias avança à final dos 50m borboleta S5 e busca 18ª medalha

Brasileiro rivaliza com o chinês He Shiwei e o americano Roy Perkin

Maior atleta paralímpico da história do Brasil, Daniel Dias abriu caminho para a sua 18ª medalha. O nadador caiu na piscina do Estádio Aquático neste sábado, pelas eliminatórias dos 50m borboleta, categoria S5, e garantiu vaga na final com o tempo de 36s86, o terceiro melhor das preliminares. O líder foi o chinês He Shiwei, com 35s74. Ele inclusive venceu a bateria do brasileiro. O segundo melhor tempo ficou com o americano Roy Perkins, que nadou antes e anotou 35s75.

Image title

Dominante, o paulista chegou à Paralimpíada Rio 2016 para nadar nove provas e com a expectativa de ampliar seu recorde de medalhas. Nos primeiros dias de competição, foi ouro nos 200m livre, conquistando o tricampeonato paralímpico na S5, e na sexta-feira, ao lado do ídolo Clodoaldo Silva, Joana Silva e Susana Ribeiro, foi prata no revezamento 4x50m misto, primeira prova paralímpica a envolver homens e mulheres.

Assim que pisou no Estádio Aquático para os 50m borboleta, o brasileiro levantou o público. Daniel largou na raia 3 e foi bem no início, rivalizando com He Shiwei, que também vinha forte na raia 2. Dos 25m em diante, porém, o chinês abriu boa vantagem e passou com o melhor tempo para a final desta noite. Na outra eliminatória, Roy Perkins não teve dificuldades, nadando quase quatro segundos mais rápido que seus rivais.

Visando fazer história no Rio de Janeiro, Daniel Dias abriu mão inclusive do convívio diário com a família. Treinou por cinco horas diárias, em dois períodos. Na reta final, ficou um mês na Espanha, longe da esposa e filhos. Desde que começou a carreira, em 2006, Daniel conquistou 66 medalhas em campeonatos mundiais, Paralimpíadas e Jogos Parapan-Americanos.

Fonte: Com informações do globoesporte.com