Daniel Hernandes vence mongol e ainda sonha com o bronze

Judoca é a última esperança do Brasil de conquistar medalha em Roterdã

 A esperança do bronze de Daniel Hernandes entre os pesados continua viva. O brasileiro venceu Gankhuyag Dorjpalam, da Mongólia, por waza-ari, e só precisa de mais uma vitória para conseguir o terceiro lugar. A luta decisiva do brasileiro será contra o judoca Marius Paskevicius, da Lituânia, que perdeu o duelo contra Teddy Riner, da França.

Daniel Hernandes sofreu duas advertências logo no princípio da luta, contra uma de seu adversário. Além disso, tomou dois yukos e ficou em posição complicada no combate. No entanto, Daniel conseguiu encaixar um waza-ari no rival e isso foi o bastante.

O brasileiro ainda tentou uma imobilização, mas não conseguiu segurar o adversário por tempo suficiente. Essa é a quinta chance que Daniel Hernandes tem em sua carreira de conquistar o bronze em um Mundial de Judô. Ele já disputou a repescagem quatro vezes no passado, e em todas as oportunidades terminou o campeonato com a quinta colocação.

Fonte: Globo Esporte