‘De ressaca’, Timão faz 2° pior campanha nos pontos corridos

Com a cabeça no Mundial, Corinthians supera só números de 2006 e tem aproveitamento inferior até ao ano em que foi rebaixado para Série B


?De ressaca?, Timão faz segunda pior campanha nos pontos corridos

Tite e os jogadores do Corinthians reforçam a cada entrevista que levarão o Campeonato Brasileiro a sério, mesmo depois da conquista da Taça Libertadores. Entretanto, os números mostram que a cabeça do Timão parece estar mais no Mundial de Clubes do que nos duelos em território nacional. Após a derrota para o rival São Paulo, de virada, no Pacaembu, o Alvinegro fechou o primeiro turno com seu segundo pior desempenho na era dos pontos corridos.

Em 19 rodadas, o Corinthians soma 24 pontos, sendo seis vitórias, seis empates e sete derrotas. Foram 20 gols marcados, 20 sofridos e apenas a 12ª colocação na tabela. O aproveitamento de 42,10% dos pontos só é superior ao da temporada 2006. O clube fechou a metade inicial da competição com 20 pontos (35,08%) e em 18º lugar.

Naquela ocasião, o Timão iniciou o torneio ainda abalado pela derrota para o River Plate, da Argentina, nas oitavas da Libertadores e correu sério risco de rebaixamento. Ademar Braga foi o primeiro treinador, mas acabou caindo para a chegada de Geninho, que durou apenas 11 rodadas. Somente com a contratação de Emerson Leão o Alvinegro engrenou e se afastou da degola. Em meio a isso, o ídolo Tevez abandonou o clube para atuar pelo West Ham, da Inglaterra.

A campanha corintiana em 2012 é pior até que a de 2007, quando foi rebaixado para a Série B. A equipe dirigida por Paulo César Carpegiani esteve entre os primeiros nas rodadas iniciais, mas despencou de rendimento na parte final. Até o encerramento das 19 primeiras partidas, acumulou 26 pontos (45,61%), ocupando a 13ª posição.

Desde que voltou à elite, o Corinthians vinha com bons números até a metade do Brasileirão. Em 2009, terminou em oitavo, com 28 pontos (49,12%), rendimento superado de longe pelos dois anos seguintes. Foram 37 pontos (64,91%) em 2010 e 2011, quando fechou o turno em segundo e primeiro lugar, respectivamente ? no ano passado, ficou com o título.

O melhor aproveitamento do clube até o momento aconteceu no ano de 2005, com 22 equipes disputando a Série A. O Timão somou 42 pontos (66,66%), em primeiro, arrancando para o título durante a turbulenta gestão da MSI. Já em 2003 e 2004, com 24 participantes, o clube conseguiu 33 (47,82%) e 34 pontos (49,27%), respectivamente, ficando com o nono lugar em ambos.

A diferença está em como o Corinthians tratou o Brasileirão em 2012. Durante as seis primeiras rodadas, o Timão ainda disputava o mata-mata da Libertadores e atuou seguidas vezes preservando seus principais jogadores. Assim que o título foi conquistado, a equipe embalou novamente e acumulou nove partidas sem perder, deixando os últimos lugares e voltando a sonhar. A sequência só foi quebrada nas derrotas nos clássicos contra Santos e São Paulo.

A tendência é que alguns atletas passem a ser poupados com a aproximação do Mundial de Clubes, marcado para dezembro, no Japão. Até lá, o Alvinegro tentará se manter concentrado para grudar dos líderes ou evitar a aproximação da zona do rebaixamento . São 19 pontos abaixo do Atlético-MG e oito acima do Palmeiras, último a cair neste momento.

? Nossa motivação está grande. Ficamos nove jogos sem perder e perdemos dois clássicos, com bom desempenho e atitude. Ninguém quer ficar fora nesse momento. Todo mundo quer subir na tabela e chegar bem ao Mundial ? garantiu o lateral-esquerdo Fábio Santos.

Fonte: GloboEsporte.com