De volta a São Paulo, equipe do Corinthians torce por mais uma ação do efeito Itu

A primeira vez do Timão de Mano em Itu foi na pré-temporada do ano passado

O Corinthians se despediu de Itu na noite da última quarta-feira e retornou para São Paulo com status de favorito ao título do Campeonato Paulista. A cidade do interior paulista, aliás, tem se tornado um porto seguro para o Timão na era Mano Menezes. Nas outras três vezes em que se concentrou no local, os resultados conquistados na sequencia foram bons. Pelo menos não sofreu nenhuma derrota.

A primeira vez do Timão de Mano em Itu foi na pré-temporada do ano passado. E na estreia do Paulistão, contra o Guarani, vitória por 3 a 0. Depois, quando enfrentaria seguidamente Barueri e Ituano, também pelo Estadual, o clube voltou à cidade. Os resultados foram um empate e uma vitória, respectivamente. A terceira passagem foi às vésperas de confronto com o São Caetano, na Copa do Brasil. Outra vitória.

- Itu tem dado sorte para gente. A preparação aqui é muito boa. Estamos aqui pela terceira vez e nunca perdemos um turno de trabalho. Só chove à noite. Ameaça durante o dia, prepara, faz barulho, mas só vem à noite ? falou o técnico alvinegro.

Neste começo de 2009, o Corinthians ficou em Itu quase 20 dias com o intuito de se preparar para a estreia desta quinta-feira no Paulistão, contra o Barueri, às 19h30m, no estádio do Pacaembu. Na bagagem, o time do técnico Mano Menezes levou três vitórias, duas em jogo-treino (União Barbarense e São José) e uma em amistoso internacional contra o Estudiantes de La Plata.

- Conseguimos fazer tudo o que queríamos e de forma satisfatória. Estou satisfeito com o que conseguimos elaborar, o ritmo, o condicionamento físico. Não tivemos dificuldades nas questões táticas porque conseguimos manter uma boa base ? declarou o comandante, que recebeu cinco reforços até agora. Escudero, o último por ora, ainda espera liberação do contrato para ser apresentado.

Embora concorde que a preparação mais longa em relação aos rivais possa fazer a diferença, o treinador do Timão não quer empolgação com os comentários de que o Corinthians é favorito e está à frente dos principais adversários.

- Eu disse logo depois da vitória no amistoso com o Estudiantes que a gente estava com três vitórias e zero ponto. Temos de tomar cuidado porque é mais fácil acreditar no elogio do que na crítica negativa. Essa sempre soa como injustiça. Temos conversado com os jogadores para evitar empolgação ? finalizou Mano.

Fonte: Globo Esporte