Dentinho valoriza vantagem sobre Verdão

Não porque terá mais torcida, mas sim por maior conhecimento do estádio Eduardo José Farah

O mando de campo do clássico do próximo dia 8 de março, pelo Campeonato Paulista, é do Palmeiras, mas quem vai mesmo jogar em casa é o Corinthians. Não porque terá mais torcida, mas sim por maior conhecimento do estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente. Além de ter mandado o jogo com o Noroeste no local, o Timão fará bem mais treinos por lá do que a equipe do Palestra Itália.

Na logística programada pelo Alvinegro para essa maratona de viagens (vai ainda a Marília e Itumbiara), o elenco vai treinar no Prudentão quatro vezes, enquanto o Palmeiras chega à cidade apenas na véspera da partida. O atacante Dentinho acredita que a intimidade com o estádio pode ajudar no duelo com o arquirrival.

- Com certeza, você reconhecer melhor o campo antes é bom, pode ajudar ? avaliou o jovem atacante, provável dupla de Ronaldo quando o craque estiver pronto.

O técnico Mano Menezes prefere não falar ainda sobre o assunto. Tudo por conta das duas partidas que o Corinthians tem antes do jogo contra o Palmeiras (Marília, pelo Paulistão, e Itumbiara, na estreia na Copa do Brasil). Para o treinador, o clássico entra na pauta a partir do dia 5 de março, um dia após compromisso em Goiás.

- Vamos esperar chegar perto para falar mais objetivamente ? resumiu o treinador.

Se Palmeiras e Corinthians mantiverem o aproveitamento atual e a diferença entre os dois na tabela continuar em um ponto, o clássico em Presidente Prudente pode valer a liderança do Paulistão. Só que o Verdão tem ainda um jogo a menos, que será realizado apenas no dia 17 de março, contra o Noroeste.

Fonte: Globo Esporte