Depois de Kaká, Real já negocia compra de Cristiano Ronaldo

Jornais afirmam que a estratégia de Florentino é recuperar a boa relação com o Manchester

Depois de acertar a contratação de Kaká, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, parte em busca do seu segundo galáctico: Cristiano Ronaldo. E, para tirar o meia português do Manchester United, o dirigente merengue terá de abrir os cofres e gastar uma quantia maior do que a dada ao Milan pelo brasileiro (89 milhões de libras, cerca de R$ 282 milhões). As negociações estão ocorrendo e foram confirmadas pelo diretor esportivo do Real, Jorge Valdano.

- Não posso adiantar muito, porque só falo dos que já estão a caminho, não sobre os que ainda estão em negociação. Ele é um grande profissional, muito dedicado, além de ser um excelente jogador - afirmou o dirigente ao tabloide inglês "Manchester News".

Jornais da Espanha afirmam que a estratégia de Florentino Pérez é recuperar a boa relação com o Manchester United, já que a novela da última temporada envolvendo a possível ida do português para a Espanha desgastou o relacionamento.

O presidente do Real tentaria reduzir o que foi pedido pelos ingleses, que só aceitam vender Cristiano Ronaldo pelo valor da cláusula contratual (89 milhões de libras, cerca de R$ 282 milhões), segundo a imprensa inglesa.

Os merengues aceitariam pagar, de acordo com os jornais espanhóis, 75 milhões de libras (R$ 238.3 milhões), 19 milhões de libras (R$ 60 milhões) a mais do valor da transferência do brasileiro.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com