Desfalcado, último Strikeforce tem vitórias brasileiras e novo campeão

Saffiedine castigou o campeão Marquardt

O último evento da história do Strikeforce aconteceu na noite deste sábado, em Oklahoma (EUA), com um cinturão mudando de dono. A expectativa dos organizadores era ter nada menos que três combates valendo título, mas as lesões de Gilbert Melendez (campeão dos leves) e Luke Rockhold (médios) fizeram com que a única luta do tipo fosse entre Nate Marquardt (meio-médios) e o desafiante Tarec Saffiedine, que desbancou o campeão por decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46 e 49-46).


Desfalcado, último Strikeforce tem vitórias brasileiras e novo campeão

Marquardt, que já disputou o título dos médios do UFC e foi derrotado pelo brasileiro Anderson Silva, foi inferior ao oponente durante os cinco rounds da luta. O belga Saffiedine controlou o confronto com chutes e clinches, e conquistou seu primeiro grande título de MMA, aos 26 anos.

Em outro combate do card principal, o brasileiro Ronaldo "Jacaré" Souza venceu outro veterano do UFC, Ed Herman, em luta válida por categoria de peso não-oficial. A vitória veio por finalização no primeiro round. No card preliminar, Roger Gracie também finalizou seu oponente, Anthony Smith, pelos pesos médios. E em encontro de brasileiros, Adriano Martins superou Jorge Gurgel entre os leves.

O Strikeforce já era propriedade da Zuffa, empresa que detém os direitos do UFC, desde março de 2011. Porém, as duas organizações de MMA continuaram a fazer seus eventos separadamente. A partir de agora, o Strikeforce vai se fundir ao UFC, que poderá assinar contrato com qualquer lutador do ex-concorrente. As categorias femininas, que contam com a estrela Ronda Rousey, também serão migradas para o UFC.

Confira todos os resultados da edição final do Strikeforce

Card principal

Peso meio-médio: Tarec Saffiedine venceu Nate Marquardt por decisão unânime (luta por cinturão)

Peso pesado: Daniel Cormier venceu Dion Staring por nocaute

Peso pesado: Josh Barnett venceu Nandor Guelmino por finalização

Peso meio-pesado: Gegard Mousasi venceu Mike Kyle por finalização

Peso não-oficial: Ronaldo Jacaré venceu Ed Herman por finalização

Card preliminar

Peso leve: Ryan Couture venceu K.J. Noons por decisão dividida

Peso médio: Tim Kennedy venceu Trevor Smith por finalização

Peso leve: Pat Healy venceu Kurt Holobaugh por decisão unânime

Peso médio: Roger Gracie venceu Anthony Smith por finalização

Peso leve: Adriano Martins venceu Jorge Gurgel por decisão unânime

Peso meio-médio: Estevan Payan venceu Michael Bravo por nocaute

Fonte: Terra, www.terra.com.br