Desprezado por Mourinho, Schweinsteiger pode voltar ao Bayern

Meia foi proibido de treinar com o elenco do Manchester United

Depois de ter sido proibido por Mourinho de treinar junto com o elenco do Manchester United, Bastian Schweinsteiger pode retornar ao Bayern de Munique um ano após ter deixado o clube. Apesar do vasto elenco, Karl-Heinz Rummenigge, chefe executivo dos bávaros, avisou que as portas estão abertas ao meia.

Com 32 anos recém-completados, Schweinsteger passou 17 deles vestindo a camisa do Bayern. Uma lenda no clube, o atleta ganhou, entre outros, oito vezes o Campeonato Alemão e uma Uefa Champions League em 2013. "Se ele falar em algum momento no futuro sobre um desejo de retornar, então discutiremos com ele", falou Rummenigge ao jornal Bild.

Em julho de 2015, o atleta se transferiu para o Manchester United para ser referência na reconstrução da equipe. A sua temporada, no entanto, foi muito abaixo do prometido. Sofrendo com repetidas lesões, o meia foi titular apenas 21 vezes.

Desde que assumiu o comando dos Red Devils, Mourinho não fez nenhuma questão de esconder que o alemão não está em seus planos. Na última segunda-feira, o treinador ordenou que Schweinsteiger treinasse junto com a equipe sub-23.

Para voltar ao Bayern, no entanto, o jogador enfrentará forte competição. No meio do campo, o elenco de Carlo Ancelotti hoje conta com Thiago Alcântara, Javi Martinez, Xabi Alonso, Arturo Vidal e Renato Sanches, além de Lahm e Alaba, que podem executar funções no setor.

Apesar disso, Lahm vê com bons olhos o retorno do amigo. "É importante trazer jogadores que merecem. Uma pessoa como ele está predestinada a trabalhar com o clube. Ele conhece tudo e todos aqui", lembrou o lateral.


Schweinsteiger (Crédito: Reprodução)
Schweinsteiger (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações da Espn