Dia de Herói: Nos acréscimos, Ronaldo faz gol salvador no Timão

Ronaldo quebrou uma escrita de tropeço em encontros entre Palmeiras e Corinthians

Em uma das partidas mais aguardadas do Campeonato Paulista, que marcou o primeiro clássico do atacante Ronaldo com a camisa do Corinthians, o maior astro da equipe entrou em campo no segundo tempo e salvou a equipe de nova derrota no retrospecto recente contra o Palmeiras. O novo camisa nove do Parque São Jorge balançou as redes nos acréscimos e garantiu o empate por 1 a 1 na tarde deste domingo, em Presidente Prudente.

Além de evitar a derrota contra o rival, Ronaldo quebrou uma escrita de quatro tropeços nos últimos quatro encontros entre Palmeiras e Corinthians, que não vence o time do Palestra Itália desde o Campeonato Brasileiro de 2006. Com o tento marcado de cabeça, o centroavante também encerrou o fim de um jejum de gols alvinegros contra o adversário, já que não marcou nas últimas quatro partidas.

Além de evitar a derrota contra o rival, Ronaldo quebrou uma escrita de quatro tropeços nos últimos quatro encontros entre Palmeiras e Corinthians, que não vence o rival desde o Campeonato Brasileiro de 2006. Com o tento marcado de cabeça, jogada que não costuma ser a sua marca principal, o centroavante também encerrou o fim de um jejum de gols alvinegros contra o adversário, já que havia passado em branco nas últimas quatro partidas.

Mais badalada contratação do futebol brasileiro em 2009, o ex-atacante da Seleção Brasileira nas Copas de 1994, 1998, 2002 e 2006 também foi o responsável por manter a invencibilidade da equipe do Parque São Jorge na temporada, em 13 jogos disputados. Com a igualdade no interior do Estado, o Palmeiras segue líder com 29 pontos, três a menos que o time comandado por Mano Menezes.

Principal atração do duelo no interior paulista, mas ainda sem condições físicas de atuar durante os 90 minutos, Ronaldo só entrou em ação aos 18min do segundo tempo, na vaga do argentino Escudero, quando o time alvinegro já perdia por 1 a 0. O novo camisa nove mostrou serviço e quase marcou um golaço aos 34min, mas parou no travessão alviverde, animando ainda mais o torcedor corintiano nas arquibancadas do Estádio Prudentão.

Já no último lance, o atacante coroou a sua volta aos gramados ao completar um cruzamento de Douglas, culpado pela torcida na última quarta por não ter feito assistência para o centroavante, na partida contra o Itumbiara, pela Copa do Brasil. Após o empate salvador, Ronaldo foi vibrar junto aos torcedores e causou grande alvoroço, que resultou na queda do alambrado, mas não teve feridos.

Diante do forte calor de 36º em Presidente Prudente, Mano e Luxemburgo adotaram uma postura mais cautelosa e abriram mão de uma formação ofensiva. Do lado palmeirense, o atacante Willians foi sacado para a entrada do volante Sandro Silva. Já no Corinthians, o meia Boquita deu lugar para o argentino Escudero, que formou a zaga ao lado de Chicão e William.

Sem a mesma força ofensiva de outros jogos e com os jogadores visivelmente prejudicados pelo calor, a partida foi fraca tecnicamente na primeira etapa e as maiores emoções ficaram guardadas para os últimos 45 minutos. Logo aos 3min, após lançamento de Keirrison, o goleiro Felipe falhou na tentativa de sair do gol e não achou a bola. Mais esperto, Diego Souza aproveitou, trouxe para o meio e finalizou com força.

Nos minutos finais, após a entrada de Ronaldo, o Corinthians iniciou grande pressão que resultaria no empate nos minutos finais. Na primeira, o centroavante arriscou de longe e carimbou o travessão. Em seguida, iniciou jogada pelo lado esquerdo e cruzou para André Santos exigir grande defesa de Bruno, que substituiu o ídolo Marcos. Mas no fim, após a expulsão de Fabinho Capixaba, o jovem goleiro não pôde evitar o primeiro gol do atacante com a camisa alvinegra.

GOLS

Palmeiras: Diego Souza, aos 3min do 2º tempo

Corinthians: Ronaldo, aos 47min do 2º tempo

POLÊMICAS

- Com a mudança da partida para o interior do Estado, os jogadores das duas equipes sofreram com o calor de 36º aproximados, principalmente nos primeiros 45 minutos, o que prejudicou o bom andamento da partida

MOMENTOS INUSITADOS

- Presença de duas galinhas nos gramado do Estádio Prudentão, ao lado das torcidas

- Já prevendo a forte temperatura de Presidente Prudente, Palmeiras e Corinthians concordaram com a parada técnica para descanso e orientação. Desta forma, aos 22min de jogo, os dois times interromperam a partida por três minutos e usaram o tempo para se hidratar na beira do gramado

- Após o gol marcado por Diego Souza, que saiu em uma falha do corintiano Felipe, torcida do Palmeiras gritou o nome do goleiro rival nas arquibancadas

DESLIZES DA ARBITRAGEM

- Cotovelada do zagueiro corintiano Chicão em Sandro Silva aos 45min do primeiro tempo, dentro da área alviverde

LANCES BIZARROS

- Aos 12min da primeira etapa, argentino Escudero tem o rosto levemente atingido pelo instrumento de trabalho do bandeirinha e cai no gramado

- Furadas do palmeirense Fabinho Capixaba, no primeiro tempo, e do corintiano Souza, na etapa final

- Falha do goleiro Felipe no lance que deu origem ao gol de Diego Souza, no início do segundo tempo

Fonte: Por